terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Bebezadas

Eu trato por Querido e quando lhe escrevo faço sempre questão de complementar com Meu Querido e letras maiúsculas a combinar com o homem que ele é e o sentimento que sinto por ele….
Por vezes sai-me um “filho” mas é hábito de responder à D quando ela chama mamaaaa, eu respondo filhaaaa…
E quando estou chateada trato-lhe pelo nome!
É que quando estou com azeites não dou confiança…. J

Bebezadas

Dou por mim muitas vezes a tratar o V. por bebé.
Começou como uma brincadeira, a gozar com as pessoas que se tratam assim, mas a verdade é que “primeiro estranha-se e depois entranha-se”. 
Hoje em dia faço-o muitas vezes mesmo publicamente e não já me importo nada, apesar de ser sempre meio a brincar.
Eu tenho uma embirração especial pelos “amor”, “amori” e todos os derivados.

E tu?

Bebezadas

Ontem estava a falar com ele e com uma amiga nossa lá em casa sobre os casais que se tratam por “você” e com expressões abebezadas.
Em momentos íntimos um “você” deve ser super estranho e de seguida vieram uma serie de piadas (você tem umas mamas que me deixam louco ....). Ou então ver dois adultos a tratarem-se por bebe, quiduchinha….acho que fica muitooooo feio!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Eu e os médicos

As minhas idas ao médico têm sempre o seu toque de surreal sabe-se-lá porquê.
Desta vez a médica estava com queda para a estatística e durante a consulta de neurologia resolveu informar-me que :
- Todas as mulheres com uma gravidez saudável têm 2% de hipóteses de ter um filho com mal-formações e a maior parte das pessoas não sabe disso;
- Uma vida saudável garante-nos mais 10 anos de vida;
E outras trivialidades do género.

Às tantas pergunta-me:
- A vida tem-lhe corrido bem?
Fiquei meio desconcertada porque não temos intimidade para este tipo de perguntas, esta é a segunda consulta e a primeira foi à mais de um ano.
Será que mudei de especialidade a meio da consulta e não reparei?
- Sim, tem corrido bem sim.
- Ah, que bom! É a primeira pessoa que oiço dizer isso, tenho que lhe tirar uma fotografia!
- Ahhh pois … não temos doenças graves e temos emprego por isso não há razão para lhe dizer o contrário.
- Já me aconteceu ter aqui 12, 15 doentes num dia, em que todos tinham um familiar, amigo, vizinho, etc que ou estava desempregado ou a ir à falência e eu fico a pensar que o país deve estar a fechar.
- Pois … (socorro!)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Solmáforo

Creio que já te tinha comentado que por aqui a generalidade das mulheres apresentam
manchas do sol nas suas faces.
Não é uma coisa bonita de ser ver e afecta já em idade jovem, principalmente naquela zona incómoda do buço.
O mais estranho é que a sua tez é mais escura que a nossa e portanto deveriam estar um pouco mais tolerantes ao sol…
Eu uso protector solar nível 70 todo o ano mas confesso que foi um hábito que só adquiri com o avançar da idade.. e recentemente li um artigo que publicita um protector solar para espaços fechados (vou experimentar! passo o dia todo no computador…).

Já ouviste falar dos raios IR-A? de acordo com o artigo são os mais perigosos uma vez que penetram até à capa mais profunda da pele, chegando à hipodermis, causando envelhecimento prematuro da pele.

Bem, isto também para te comentar que agora na nossa zona, instalaram uns solmáforos.
São uns medidores de radiação ultravioleta para advertir ao público sobre os riscos da exposição ao sol e ao cancro da pele. É um aparelho que, como o semáforo de transito, assinala o grau de intensidade de radiação através de várias luzes tipo LED.
Existe o violeta, vermelho, laranja, amarelo e verde para as intensidades: extrema, muito alta, alta, moderada e baixa, respectivamente.

Não me lembro de ver tal coisa em Portugal e achei que irias achar o tema interessante J


sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Ainda sobre o ballet

Comentários da M. durante o espectáculo e sempre “baixinho”

(quando entrou em cena o príncipe)
-Ele está nu!

(durante um intervalo)
- Quando é que começa o filme?

Programa só para meninas























E foi uma estreia para as duas.
Apesar já ter visto alguns espectáculos de ballet contemporâneo sempre tive algum receio de me aborrecer de morte a ver um clássico.
Foi precisamente o contrário, adorei o espectáculo, continua a ser uma delícia ver dança e ter uma orquestra presente ainda foi um bónus acrescido.
Já a M. …. Acabei por deixá-la ver uma parte sentada no corredor, onde às tantas já estava a dançar também … e não queria estar ao meu colo porque tinha calor … e “esquecia-se” de falar baixinho … enfim
Tendo em conta que o espectáculo durou quase três horas, acho que se portou muito bem.
Não conhecia esta iniciativa dos ensaios solidários e consultando o site da CNB descobri que fazem este tipo de espectáculos a reverter pelas mais diversas associações.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Ao ataque!!!!

Quando cheguei a casa, a M. tinha um recado da professora para lhe tratarmos dos piolhos.
Enquanto fazia o jantar dei uma vista de olhos na cabeça dela e como não encontrei nada, fiquei com vontade de ter uma conversinha com a professora. Como se atreve a dizer que a minha filha tem piolhos?

Depois do banho voltei a procurá-los e não é que os encontrei mesmo?
Arghhhhh ca nojo!!! Nojo!!!! Nojo!!!!
Quando vi aquelas coisinhas com perninhas a mexer … a gaja que há em mim foi mais forte do que a mãe que há em mim e dei um gritinho histérico que ainda assustou a M.
Depois recompus-me rapidamente, cerrei os dentes e vamos lá tratar de contra-atacar esta invasão!
Quem me conhece sabe que não sou assustadiça com a bicharada em geral com algumas excepções … e os piolhos são uma delas.
Não pude contar com a ajuda do excelentíssimo V. porque quando os viu disse que não tinha a certeza do que seria e que até achava que eram mosquitos (como?).

Fui a correr à farmácia mais perto mesmo em cima da hora de fecho, pedi entredentes baixinho qualquer coisa para os piolhos, voltei a correr para casa.
Naquele momento nada era mais importante do que matar aquela bicharada que estava a morar na cabeça da minha filha o mais depressa possível.
Todas as cabeças lá de casa foram vistoriadas e tratadas, a minha incluída e o cabelo da M. tem sido passado a pente fino (literalmente) todas as noites depois do banho.
Hoje estou a pensar usar em todos uma solução com vinagre.

Confesso que estou a um passo de ficar completamente obcecada com este assunto.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

o Bieber

- Mama, quem tu achas que canta melhor: o Justin Bieber ou o Michael Jasson?
- Michael Jack-son – digo eu devagarinho para que repita.
- Pois, Jack…son, esse. Quem tu achas?
- Eu acho que é o Michael Jackson.
- Ah, eu acho que é o Justin Bieber….canta assim mais suave….aquela do baby, baby…. E o  
- Michael Jackson não, canta música de zombies e vampiros…
- Mas tu sabes quem é o Justin Bieber?
- Não! Mas disse-me a Valeria, ela gosta dele! E o Sebastian tem o cabelo como o Justin Bieber!
- Mas se tu não o conheces como sabes que tem o cabelo igual?
- Porque foi o que disseram e ele tem mesmo, é assim para o lado como uma poupinha…

Troquei olhares com ele e não dissemos uma palavra.
Assim ficámos os três, a jantar à mesa com a descoberta do rapazinho com o tique na franja….

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Gostam?

E que tal este novo look sugerido por uma pessoa que eu cá sei?
Que tal?

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Conversas com ele

Resolvi fazer uma quiche de bacalhau e alho francês para o jantar ….
Já à mesa o M. aproxima-se de mim de mansinho e diz-me:
- Fizeste o jantar à pressa e não saiu bem.

 (ninguém gostou)

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Malditas purpurinas

A gaveta onde guardo os vernizes e as amostras de perfumes que tenho vindo a acumular é a maior tentação possível para uma pirosona como a M.
Que se tornou verdadeiramente irresistível quando tive a infeliz ideia de comprar um verniz com um tubinho de purpurinas à parte para um efeito mais realista, o que obviamente faz as delícias das meninas pirosas de 6 anos.

Este domingo o meu quarto foi enfeitado com as ditas purpurinas pela segunda vez.
Ficaram espalhadas por toda parte, na mesinha de cabeceira, dentro das gavetas da mesinha de cabeceira, no chão, no tapete, na minha cama … para onde quer que olhasse encontrava os brilhozinhos pequeninos !!!
Sabias que são uma chatice para limpar?

O meu quarto passou a estar off-limits

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Já me doem os pés

Estes sapatos sempre me estiveram meio numero aquém…  mas tinha porque tinha de os comprar e aproveitar o desconto de fim de temporada da Zillian, e eis que vieram comigo para casa.

É verdade que os calço com a ajuda da vaidade e passadas 4 horas já o conforto me exige que tenha mais juízo.
Sei que a caminho do carro vou pensar em tirar os ditos e conduzir descalça mas no final lá faço a viagem com os dedos dos pés encarquilhados e dispostos em um V arredondado. Quando os guardo no roupeiro também digo a mim mesma que é a última vez que os calco e que tenho de comprar outros no mesmo tom para substituir!!!!

De certeza que quando for velhinha, o conforto vai ganhar e vou ter os quase-de-certeza-futuros joanetes acolchoados nuns chinelos fofinhos mas agora… que se lixe, ficam bem com este vestido e há que aguentar!!!!

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Conversas com ela

A minha querida ia participar numa prova de corta-mato na escola e hoje de manhã não estava a perceber porque tinha de ir com o fato-de-treino vestido.
Não tinha percebido que ia correr, pensava que era qualquer coisa de cortar as castanhas para o S. Martinho …

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Feitio de mulher

Descobri à uns meses atrás que o meu analista preferido tem feitio de mulher o que me irrita profundamente. Primeiro dei-lhe corda e falava com ele, os dois fechados numa sala de reunião a debater temas como a estratégia da empresa, as próximas tarefas e a importância do seu trabalho.
Tenho a ideia que lhe elogiei demais porque de repente começou a sentir-se o supra sumo da batata!
Uma coisa é trabalhar com mulheres que têm “vaipes” nos dias mais estratégicos para o projecto, outra coisa é trabalhar com homens com salamaleques de mulher! Não há paciência!
Ora é porque está desanimado, ou que não acredita no produto, ou que existem muitos erros, ou que lhe altero as prioridades….diz-me coisas como “já não sei o que faço nem quem sou...”

Ó homem, tens de te ajustar como eu tenho de fazer todos os dias! Achas que altero as prioridades porque me apetece? É porque tenho vários projectos ao mesmo tempo e hoje um pode ter um tema mais importante e amanha, é a outro projecto a que temos de dar mais atenção.

É que este rapaz definha, literalmente, à frente do computador!
Como se fosse um pobre coitado, como se fosse um incompreendido ou não o deixassem trabalhar.
Bem, já pediu para mudar de área e em boa hora se vai porque já me tira do serio!
É claro que só pode sair depois de terminar tudo mas pode ser que se entusiasme em terminar para sair o mais rápido possível.
Da minha parte, vai e não voltes!

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Estreia como condutora

Hoje foi o primeiro dia como condutora no trânsito limenho que, para quem conhece pode confirmar que é uma aventura.

A verdade é que tudo correu bem, desde as mudanças automáticas que não estou habituada até à falta de regras e de civismo deste povo.
É uma aventura entrar numa rotunda porque tenho de dar prioridade a quem vem da esquerda e quem vem da direita.
E não é que essa seja a regra sabes…. é porque ninguém pára!

Também tenho de ter cuidado com os outros a mudar de faixa porque o facto de quereres virar para a esquerda pode ser algo que decidas só quando já me estas a tapar a saída à direita…. E não vale a pena te chateares nem apitares!
Nunca se sabe o que te podem fazer.

Ah, e como em Roma nos juntamos aos romanos, estou a conduzir sem carta e sem seguro!
Espectáculo hem?
Explico: a carta é de Portugal e comprovando com o passaporte torna-se válida por cada 6 meses, e o seguro ainda é do proprietário anterior

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

O tempo voa ...

O tempo voa…ainda no outro dia tínhamos 15 anos, vestíamos de preto mesmo no Verão, bebíamos brancos velhos na tasca ao pé da escola, íamos para a praia de Inverno, tomávamos grandes banhos nos repuxos da "relva", dançávamos no Brahms, fumávamos às escondidas, comíamos os cachorros da Emídio, fugíamos dos ovos no Carnaval, morríamos a cada desgosto de amor, íamos às compras aos Porfírios, ao cinema à Academia ou às Amoreiras, andávamos por todo o lado na minha mota, passávamos horas ao telefone, comíamos aletria feita pela minha avó ainda quentinha, íamos ver os Xutos à Incrível, íamos às festas de Carnaval na igreja … foi espectacular!!!

Enviado por uma grande amiga que está a ficar saudosista com os 40º aniversários que se aproximam (o meu e o dela) e eu não resisti copiar descaradamente por me relembrar com tanta exactidão o que fomos e o que nos divertimos naquela época ...

terça-feira, 6 de novembro de 2012

A pessoa estranha

Já estava programada a auditoria e eu fiquei como responsável de receber a auditora e coordenar com as várias áreas responsáveis toda a documentação que necessitasse.

A dita senhora, vestia um fato cinzento já gasto, de mangas curtas e pontos de costura laranja a “condizer” com uma camisa laranja de folhos. Usava rabo-de-cavalo no seu cabelo notoriamente oleoso e preto com umas madeixas soltas de cor mais clara (não me atrevo a dizer loiro).
Quando reparou na minha pronúncia perguntou-me de onde era ao que eu respondi de Portugal:

- Ahhh de Portugal.de Portugal.yo conozco una persona así también flaca de Porto Rico pero no tiene acento…
- Yo no soy de Porto Rico, soy de Portugal
- Ahhhhh de PortugalPortugal.sí, si.ya estoy a ubicar…. Y en Portugal tienen muchas personas de ojos celestes?
- Bien, si, como en toda la Europa
- Ahhhhhh Europa.Europa.sí, sí…. Portugal de la Europa…. Sí…. Y es casada?
- Lo siento pero no contesto a preguntas personales
- Ahhhhh sí, sí, pero debe ser.tiene esa cara y eses ojos, seguro que ya tiene un hombre que …..
(e o resto já não lhe quis ouvir! Interrompi dizendo que ia chamar a não-sei-quantas para agilizarmos o processo!!)

Pronto…no mínimo foi muito estranho!!!!

sábado, 3 de novembro de 2012

O Max e eu #3

Ontem à noite estava entretida a dar banho aos meus filhos, não reparei nos sinais de que o cachorro nos dá quando precisa de ir lá fora.
E o Max fofinho acabou por fazer xixi no corredor, na escada e por aí fora, enquanto eu lhe gritava "Não!!!" e ele ficava sem perceber o que fazer.
Eu em pânico para que não entrasse nos quartos …. e ele sem saber para onde ir. 
Decidi que se e quando voltar a adoptar um cão há-de ser um Chiuaua que faz duas gotinhas de xixi e uns mini-cocós.
Ou isso ou ensino-o a pedir para ir lá fora como deve ser.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Coisas que me encanitam ... II

Pessoas que moram em vivendas e têm os cães acorrentados...será que ninguém percebe que é uma violência?
Devia haver um organismo qualquer ao qual pudéssemos recorrer quando nos deparamos com casos destes e que, como acontece nos países civilizados, pudesse intervir retirando os animais e processando os donos.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Procissão das velas














É certo que já passou algum tempo, mas mesmo assim não podia deixar de te mostrar como foi o Urbain Trail por Lisboa.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Dá-me musica ... #13


Florence + The Machine - Spectrum

“Say my naaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaame …”

É viciante!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

domingo, 14 de outubro de 2012

Ups ....

Fiz a melhor tarte de maçã do mundo com massa folhada cujo prazo de validade terminou o ano passado.

Pergunta-me lá se estava boa …

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

O Max e eu #2

Sabias que estes focinhos adoráveis













Nos fazem surpresas destas?
Pela foto não dá para perceber, mas são uns calções do V. novinhos e todos XPTO de corrida que ficaram com um bolso mais "arejado"


quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Instinto maternal

Não se pode ouvir um choro de bebé por aqui que o mulherio todo vai ver de onde vem, todas derretidas com crianças pequeninas e a recordar quando os seus próprios filhos eram daquele tamanhinho ou com saudades dos filhos que estão em casa.

E eu não sou excepção … desta vez era uma bebé com semanas e os sons deliciosos de contentamento que fazem a mamar… ???? Que delicia, já não me lembrava! Que saudades!  

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Dá direito a divórcio com justa causa

Perguntou-me se já tinha planos para o meu 40º aniversário.
Não … já tive muitas ideias mas não planeei nada em concreto.
Fiquei a pensar com os meus botões, que marido atencioso!
Queres ver que me quer preparar qualquer coisa especial? 

Não estou habituada a que tenha este tipo de atenções, tem sempre a desculpa que não liga nenhuma a isso.
Por ele está tudo óptimo com um jantar em família. Eu é que tento sempre inventar mais qualquer coisa.
Mas não no meu 40º aniversário.
Esta data tem de ser festejada com popa e circunstância.
É um marco na vida de qualquer pessoa.

Depressa percebi que era uma tentativa de me dar a volta para irmos correr numa prova qualquer na Lousã.
Sim, senhor … conheces-me mesmo bem.
Realmente o que me apetece fazer para festejar o meu aniversário este ano é ir correr para a Lousã.
Sem tirar nem pôr.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Vida de atleta

Foi-me diagnosticada uma fascite plantar bilateral pelo que as corridas vão ficar suspensas nas próximas semanas.

Das pesquisas que andei a fazer, vê só o que encontrei

"  ... A fascite plantar afeta geralmente homens ativos com idades entre 40 e 70 anos. É uma das reclamações ortopédicas mais comuns relacionadas aos pés. "

Aparentemente as mulheres não são afectadas!

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Conversas com ele

- O que é ser gay?
- O que se passa? Já falámos sobre isso. Aconteceu alguma coisa?
- Um menino deu um beijo ao H.
- E então? Vocês começaram a chamar-lhe gay? Só por ter dado um beijo ao H. não significa que seja gay. Podia estar só a brincar com ele. Não acho bem vcs começarem a gozar com ele. Tu gostavas?
- Não. Como é que se chamam os outros?
- Heterossexuais.
- Não, não é isso. Não têm um nome assim como os gays?
- Não, acho que não.

Gosto de ter estas conversas e ver a expressão dele a processar o que estou a dizer … e fiquei a pensar qual é o nome que têm os outros? Ia-me saindo normais, mas isso não é verdade

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Nos 1ºs dias de aulas

- Hoje tive quase a ter vermelho. Eu e um menino. Estive sentada na mesinha do castigo, mas depois a professora disse que quem se portasse bem a partir daí podia ficar sem o vermelho. Eu portei-me bem, estive sempre caladinha e por isso tive laranja.
O verde é muito bom e o laranja é bom, sabias?
(assim tudo de rajada para nem me dar tempo para responder)

- Mas porque é que tiveste vermelho logo no primeiro dia?
- Porque estava a conversar e a professora disse que só podemos conversar no recreio
(respondeu-me muito baixinho, como quem sabe que fez asneira)

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Como pôr o género masculino a ver telenovelas

É fazer uma reposição da Gabriela em que actriz principal é uma brasileira muito jeitosa!!! Desde os meus colegas até ao meu amantíssimo esposo, não escapa nenhum!

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Sorte a minha

Agora que o termómetro do meu bólide voltou a marcar 35º à hora do almoço é a altura ideal para o ar condicionado avariar, não?

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

A musica do nosso verão

Foi esta a musica que nos acompanhou nas férias.
Os miúdos adoravam ir a acompanhar os "Hey" ...

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Já fui muito feliz aqui

Lá consegui encontrar a pizzaria na Praia da Rocha que descobri com as minhas amigas quando tinha 15, 16 anos ... tantas histórias por estas ruas ...

Passei em frente ao sitio onde o meu avô querido me levou a comer umas batatas-fritas super especiais quando tinha uns 10 anos e ninguém por aqui sonhava com os fast-food actuais.
Saudades dessas férias com a famelga toda junta ...

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

O Max e eu #1

Levantei-me do sofá 3.500 vezes mas ele lá percebeu o que significa "Fica" e parou de me seguir da cozinha.

É importante que nesta fase em que ainda é cachorro perceba quem é o dono e poderemos ser amigos para sempre...

O titulo do post é uma cópia descarada do filme "Marley e eu" que, como não poderia deixar de ser, me fez chorar desalmadamente no final. Quem já teve de abater um animal de estimação sabe de que estou a falar

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Paixão, Paixão ...

Como dizia a musica dos Heróis do Mar, certas paixões podem mesmo ser para sempre.
Esta minha paixão antiga é reavivada cada vez que vejo compeonatos ou neste caso os Jogos Olimpicos de Londres.
                                  
Nunca fiz competição e por isso não consigo imaginar sequer a pressão, mas certos detalhes, como ver as mãos da atleta a tremer, ainda me trazem lagrimazinhas aos olhos.
Tenho saudades !!!!!!!

Porque raio é que não consigo que as fotos fiquem direitinhas ????

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Vamos a banhos?

Não sei se a minha amiga ainda se lembra, mas amanhã é feriado para os tugas.

Só não te digo que vamos a banhos, como o título indica porque o São Pedro tem outros planos e parece que vai chuviscar.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Ainda bem

que estás de volta.

Confesso que já estava fartinha de monólogos.

Tem muito mais piada escrever aqui em parceria contigo.

domingo, 12 de agosto de 2012

novos planos

Estou ansiosa e entusiasmada por estar a fazer planos para entrar numa nova fase da minha vida.
São estas as palavras mais indicadas: ansiosa e entusiasmada.

arrebatadora

Cerejinha.. já há muito que não visito este nosso-mais-teu-que-meu cantinho. Peço-te desculpa por isso.

Hoje recebi um e-mail da T e pediu-me para lhe relembrar o endereço do nosso blog. Aproveitei e vim ler as tuas mensagens. É curioso que apesar de nos escrevermos todos dias, acabo por ler sobre histórias que ainda não conhecia. Culpa de quem? Minha.

Lamento se de um momento para outro me afastei da escrita, desta escrita, desta forma de desabafo, deste cantinho de histórias simples e corriqueiras que fazem o nosso dia-a-dia.

Quero te dizer Cerejinha que ao ler estas tuas mensagens, me senti arrebatada pelo amor dos teus mais queridos expresso nas tuas palavras.

Fico muito feliz por seres feliz!

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Eu gosto é do Verão ...

O termómetro do meu bólide marcava uns magníficos 38 graus.
Adorooooooooooooooo estes dias quentes!
Não me venham cá com conversas de saudades da chuva, das botas, da lareira acesa  … que chatice, Maria Alice.

Tenho para mim que fui feita para viver num sítio com estas temperaturas simpáticas o ano todo. Sempre com dias lindos, o sol brilhante e céu azul.
Pouca roupa e sandália no pé e eu estou "como Deus quer”.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Sempre a aprender

Já é um lugar-comum dizer que a maternidade nos permite aprender imenso com os pequenos rebentos.
Dizem os entendidos, que estas fabulosas amostras de gente podem ensinar-nos a ver o mundo de outra forma e muitos outros aspectos profundos.

Mas para além de tudo isso, o que é mesmo espectacular é dar por mim a aprender gíria do futebol.

O M explicou-me que um empurrão no futebol é uma “carga de ombro”, sabias?

Se isto não é uma demonstração do mais genuíno amor de mãe não sei o que será ...

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Fim anunciado do pré-escolar

Hoje foi o último dia em que a estrelinha foi para o pré-escolar.

Hoje foi o último dia em que viemos de mão dada neste percurso até à escolinha.

Toda a alegria e excitação dela pela ida para a nova escola daqui a um mês, tem um travo “bitter-sweet” para mim que tento agarrar-me aos vestígios de bebés .

As despedidas foram emocionadas e até a sra da recepção teve direito a umas palavrinhas especiais por nos ter recebido todos os dias com alegria e simpatia.

Quis oferecer lembranças aos colegas e por isso nos últimos dias de férias andámos ocupadas com trabalhos manuais.
Só o texto que a M. criou era delicioso e não teve qualquer correcção nossa:

Gostei muito de brincar com vocês.               
Passei muitos dias com vocês mas agora chegou a hora de me ir embora.              
Não me vou esquecer de vocês.            
Muitos beijinhos.                                         
Portem-se bem. “                                      


segunda-feira, 30 de julho de 2012

Jogas comigo?

Para felicidade do meu reizinho de olhos azuis antes das mini-férias ainda conseguimos dar um saltinho aqui



Com tantos jogos disponíveis, o difícil foi arrancá-lo de lá algumas horas depois.
Apesar de ir muito reticente, acabei por me divertir e até fizemos corridas do Super Mário em família para alegria da criançada.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Delirios médicos

O ginecologista informou-me que o meu ovário direito está prestes a ovular, se quiser aproveitar posso engravidar hoje ou amanhã.
Quando lhe respondi que alguém lá em casa já não está interessado em ter mais filhos, disse-me que isto tem de ser à revelia que “os gajos só fazem as contas da Troika”.
Como?

Com esta conversa desconcertante, fica praticamente perdoado de me ter feito esperar quase uma hora.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Lições que aprendi durante uma semana de mãe solteira

- Gosto de os ter só para mim;
- Conseguimos chegar a horas a todo o lado ao contrário do que algumas pessoas temiam;
- As provas parecem mais difíceis de acompanhar à distância, o tempo custa a passar entre pontos de controlo;
- Os meus filhos são uns amores e deixaram-me dormir até às 10h no domingo;
- O primeiro passeio pela trela com Max foi muito fácil, mas como é bebé ainda se assusta com tudo e todos;
- Gostar de gostar de camas grandes não significa gostar de dormir sozinha;
- O Max não gosta de roupa estendida ao vento;

domingo, 8 de julho de 2012

Tenho um cachorro fofinho #1

Ontem apanhei sete flores castanhas da relva sem vomitar ....

Hoje não tive coragem :(

sábado, 7 de julho de 2012

Conversas com ela

(...)
- Fui à tua escola à hora do almoço porque de manhã me esqueci de levar uma pen que é ...
- Eu sei o que é uma pen!
- Ah, sim? O que é?
- É uma coisinha que dá para guardar ficheiros do computador ...


Ahhhhhhhhhh

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Max e as flores

Quer-me parecer que o Max quando for crescido vai ser o primeiro cão jardineiro.
De um momento para o outro decidiu que as minhas estrelícias lindas não estavam ali bem e tem vindo a eliminá-las metodicamente.
Hoje de manhã foram os malmequeres da floreira da entrada principal.
Também já tinha pensado que estavam a precisar ser substituídas, mas ele antecipou-se e tratou disso sozinho, não é fofinho?
Só falta ensiná-lo a varrer a terra que espalhou por todo o lado … e apanhar as plantas que arrancou …

terça-feira, 26 de junho de 2012

Há dias de sorte

As minhas corridinhas de domingo pelo paredão passaram a ter a companhia do M. de bicicleta, o que me faz sempre muito feliz.
Gosto de passar um bocado sozinha com ele e mesmo que seja a correr, vai-me sempre a fazer perguntas pelo caminho.

Já quase a chegar à praia de Paço d’Arcos uma senhora interrompe-nos para perguntar se o M. não quer ficar com os patins em linha da filha dela que já não lhe servem.

Fiz o caminho de volta a correr com os patins debaixo do braço … e o M. com o maior sorriso do mundo.

(Esta história aconteceu no dia da Mãe e foi ficando esquecida, mas não podia deixar de ta contar ...)

domingo, 24 de junho de 2012

Max

Antigamente andava com o boletim de saúde dos meus filhos na mala.
Agora ando com o boletim de vacinação do Max, os resultados dos exames que já fez e as listas de medicação que lhe têm receitado.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Amores

A minha estrelinha faz hoje 6 anos!!!!
É uma menina muito especial ... enche-nos a casa de alegria e canções.
É muito gira, sabe disso e usa-o quando faz olhinhos ao pai para o convencer.
Vaidosa e pirosa, como só as meninas sabem ser.
É muito simpática e faz amigos por onde passa.

Tem um lado muito doce que nos cativa a todos e é muito amiga.  Uma companheira.
É a companhia ideal para ir as compras.
O meu bebé vai para a escola primária ...

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Coração de mãe ...

Apareceu-me na cama antes das 7h da manha tal era a excitação de ir para a colónia de férias e mesmo a dormitar enroscada em mim pediu-me várias vezes “vai-me buscar a roupa, quero ir para a escola!”.
Desde a hora do almoço que conto os minutos até puder falar com ela à hora do lanche.
De certeza que não me vai dar atenção nenhuma e se for como eu não tem saudades de casa e vai-se divertir imenso com os amigos da escola.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Conversas com ela

- Mamã, quem é a irmã mais velha? És tu ou a titi?
- Sou eu.
- Ah, então é por isso que tens tantas pintinhas e ruguinhas na cara… e essa borbulha aí ao pé do nariz.

(pois, deve ser por isso …)

domingo, 17 de junho de 2012

Sinto-me muito 'cota'

Quando sou eu, tal como acontecia com a minha mãe, que ando pela casa a apagar as luzes...

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Aventuras de casa ...

Já viste o presente que as senhoras da limpeza me deixaram? Que fofinhas! 
E não me deixaram recado nenhum, tive que ligar à responsável a queixar-me ... parece que a parede já estava assim quando chegaram, mas como a funcionária fofinha não lhe ligou a avisar a responsável, assumem o arranjo da parede. Ahhhh, então está bem ...





domingo, 10 de junho de 2012

Coisas de gaja

Estas pulseiras foram feitas por uma grande amiga minha!! Gostas? Que tal? Queres que te mande umas ?


terça-feira, 22 de maio de 2012

Oreos?



Melhor do que as Oreos, só mesmo as Oreos banhadas com chocolate.
Experimenta e verás... 

segunda-feira, 21 de maio de 2012

oreos

Agora deu-me para isto, já viste?
Com esta idade viciada em oreos!!

Aiiiiiiiiiiiiii.... que temos a burra nas couves.... ai temos, temos!!

Vou-me dar um par de estalos virtuais a ver se acordo para a vida!

"Slash slash! (som dos estalos) - Sai-me dessa rapariga!!!"

domingo domingão

Hoje não saímos de casa!
Ou melhor, eu saí bem cedo para fazer a maratona (e meia-maratona e mini-maratona, esta última onde participei) mas desde que cheguei que por cá nos ficámos.
A D de pijama, eu e ele de roupa de relax! Até experimentei fazer as compras através do Wong Online que ainda não chegaram mas estou com fé que vem tudo certinho. Aproveitei a funcionalidade de adicionar comentários para fazerem como eu gosto: o ananáz maduro, os pessegos rijinhos, o fiambre cortado bem fininho....

Ah, e para almoço fiz lulas recheadas que é coisa que não se come por aqui! Eram pequeninas e dava-me jeito uma máquina para triturar mas olha... tirámos o ... como se diz? gosto da boca... vontade do sabor?
(que branca....!!)

De serão vimos a Alice no País das Maravilhas com o muito fantástico Johnny Depp, e eu passei um bocadiiiiiinho pelas brasas!

Agora estou de volta com o portátil a preparar já algumas coisas para esta semana.
E pronto, olha, foi-se! o fim de semana!

novos sabores #6 - quinua

A quinua é um dos alimentos que a médica disse para eu dar à D, misturado com a sopa ou com carne picada a substituir o arroz.
Andei a pesquisar e descobri que é um pseudocereal (não é propriamente um cereal "tradicional" mas devido ao seu alto conteúdo de amido o seu uso é de um cereal) cultivado nos Andes bolivianos, peruanos, ecuatorianos e argentinos desde uns 5.000 anos.

A quinua é um alimento rico que possui os 20 aminoácidos essenciais para o ser humano, o que faz da quinua um alimento muito completo e de fácil digestão.
Possui um excepcional equilibrio de proteínas, gordura, aceite e amido, e um dos aminoácidos é a lisina, importante para o desenvolvimento do cérebro.

Amiga, hás-de procurar se existe aí nos nossos supermercados ou então dá-se uma palavrinha ao Jerónimo para importar.

Hoje foi canja de galinha com quinua disfarçada de massinhas de letras! Amanhã...  quem sabe, misturo na manteiga antes de lhe barrar o pão!
The sky is the limit!! Lisina com ela!

Deixo-te aqui uma sugestão: estofado de quinua con cogumelos.

domingo, 6 de maio de 2012

abaixo do peso

A pediatra da D (passa agora a ser esta aqui no Perú) disse que a menina estava abaixo do peso.
Não é novidade nenhuma para mim: sempre esteve abaixo do peso e acima da altura.

Mas, disse ela, não é só com uma consulta que se pode fazer um diagnóstico e portanto vai tomar umas vitaminas, que de forma geral não defende o seu uso, e seguir uma dieta de fruta con leite condensado, carne todos os dias, mais massa que arroz, lentilhas, torradas com mel em vez de manteiga, 4 ovos de codorniz interdiário,etc.

Ora isto parece muito bem mas numa rapariga que não lhe gosta de doces... aiii que suplicio que é comer pessego aos pedacinhos com leite condensado....e tomar as vitaminas? 5ml de um liquido que não é bom mas também não sabe a estragado pá!!

Enfim, lá andamos nós nesta dieta a ver se aumenta um bocadinho de peso e daqui a um mês regressamos a mais uma consulta para a médica comparar de novo o peso e a altura.
O mais importante é a D crescer!

game of thrones

Viciadissímos!
Eu que não sou nada apologista da pirataria... mas todas as semanas ele descarrega mais um episódio e é o nosso serão de domingo. No início viamos entre 3 a 4 no mesmo día, e agora esperamos que acabe de estrear nos EUA e passadas 2h já conseguimos piratear mais um episódio!

A questão é que não está legendado e sinceramente passa-nos muita coisa ao lado. Não é um inglês corrente e digerir aquilo tudo é complicado.

Em muitas cenas olhamos um para o outro a ver quem é que entendeu...
E no final de cada episódio fazemos um resumo e lançamos questões das tais partes em que não pescámos a coisa.

Entretanto já definimos o nosso próximo objectivo: descarregar as legendas, também em inglês mas que pelo menos deverá nos ajudar.

Conheces a série?
Dá aí no nosso cantinho?

E a música? é espectacular!!

a noção do dinheiro

Estou no guichet a pagar a consulta do pediatra da D e a senhora pede-me s./ 25 (cerca de 7 euros).
A D vem logo ter comigo a pedir desculpa por eu estar a gastar tanto dinheiro com ela.
Eu aproveitei claro, e disse, "estás a ver filha, tudo custa dinheiro..".
Ela sem modos vira-se para a senhora e pergunta:

- Senhorita porque no puede ser 25 centavos? así mi Mama se queda sin dinero...

(passei por pobre com muito orgulho da minha filhota :D)

terça-feira, 17 de abril de 2012

Tou uma crescida

Quando uma menina me roubou o lugar no estacionamento do ginásio, ainda estive 2 min. a tentar explicar-lhe que não tinha razão, mas depois desisti e pensei “o karma é lixado!”.

Não sei porquê tive consciência de que aquela menina não ia aprender a respeitar os outros, só por estar ali a discutir comigo.
A discussão só nos ia causar mal-estar às duas, ninguém ganharia nem aprenderia nada com isso e eu ainda ia chegar ainda mais atrasada à aula.

Já aprendi que não tenho que ensinar ninguém a fazer o que julgo ser correcto.
Não está nas minhas mãos.
É como o lema dos Alcoólicos Anónimos que fala em mudar o que está ao nosso alcance, aceitar o que não podemos mudar e saber distinguir as duas opções.

Para quem como eu, nunca foi capaz de desistir de uma discussão quando sei que tenho razão, apesar de muitas delas nunca levarem a lado nenhum … isto foi sem dúvida uma vitória!!!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Aprendeu a ligar-me para o telemóvel

- Berlim é a capital da Alemanha, não é? E Munique também é uma cidade alemã, não é? … Estava aqui a ver umas coisas sobre o Mundial de Futebol da África do Sul …
(...)
- Encontrei um erro no livro de Português, mamã! (lê-me uma parte do texto) … “coração DE sua mãe”! Não é assim que se escreve, é “coração da sua mãe”!
(...)
- Não sei pôr o leite na caneca! Eu não sou capaz, vou entornar!
(...)
- Estava a ver o CartoonNetwork e o som não está certo com os bonecos estão a dizer …

Eu não tenho tempo para estar a ser interrompida a cada 5 minutos ... mas ele é tão doce ... fico tão derretida!

quarta-feira, 4 de abril de 2012

A importancia dos nomes

Hoje ao almoço o rapaz que me atendeu na fila para os hambúrgueres gourmet chamava-se “Wiviton”.
Aposto que tem uma mamã muito fashion!!!

terça-feira, 3 de abril de 2012

apelido

Aqui no Perú, apesar de manteres a ordem pela qual escreves o teu nome completo, o apelido que conta é o materno.
Isto significa que eu, que sempre fui Euzinha + Apelido Paterno, sou agora Euzinha + Apelido Materno. E com todo o respeito pela familia e nome da minha Mãe, a verdade é que não sou eu, não me identifico e irrita-me que me tratem por outra coisa que não estou habituada.

E por isso, insisto no meu apelido paterno.
Dependendo do tema, como o e-mail profissional ou o nome do cartão de crédito, tenho conseguido resolver a situação, mas quando se trata de documentos mais formais ou até mesmo de uma consulta ao médico, trocam-me as voltas.
Já me chegaram inclusive a pedir, para preencher um formulario com os apelidos propositadamente alterados, para depois constarem correctamente, mas claro que me recusei.

Na pesquisa que fiz sobre este assunto, além que existe um apelido que se designa precisamente de Materno (- O seu apelido materno por favor? - Materno. - Sim, o materno por favor! - Já lhe respondi: Materno. - Olhe que tenho mais que fazer!! Quer me dizer o seu apelido materno ou não?? ....) aprendi que alguns países adoptam medidas diferentes quando se trata de apelidar os seus filhos.

"Aparte de España, el único país que se aparta de la norma general es Portugal, donde se utilizan los dos apellidos, primero el de la madre y luego el del padre, aunque a la siguiente generación sólo se transmite el segundo, el del padre.

Así, alguien que en España se llame "Juan Padre Madre" en Portugal se llamaría oficialmente "Juan Madre Padre", pero su nombre simplificado, para los amigos o el trabajo sería Juan Padre, y el apellido que transmitirá a sus hijos será también Padre.

- Francia: Hasta 2005 los hijos recibían obligatoriamente el apellido del padre. A partir de ese año, se puede escoger por transmitir bien el apellido del padre, bien el de la madre, bien los dos en el orden que se quiera.

- Reino Unido: Los británicos suelen poner a sus hijos sólo el apellido del padre, sin embargo, hay flexibilidad, y muchas parejas en las que uno o ambos miembros son extranjeros optan por hacerlo tal como lo harían en sus países. En los matrimonios, las mujeres tienen la opción de adoptar el apellido del marido, que pueden conservar incluso tras un divorcio. Es el caso, de Bianca Jagger, que no ha renunciado al apellido de su ex Mick Jagger.

- Suiza: Las personas sólo tienen un apellido que, hasta hace poco, era siempre el del padre. Hace unos años cambiaron la ley y dieron libertad para elegir entre los del padre y la madre. Al casarse, la mujer normalmente toma el apellido del marido, pero la mayoría mantiene además el suyo, con lo que pasa a utilizar los dos unidos con un guión.

- Holanda: Se utiliza un solo apellido -el del padre o la madre- que afectará a todos los hijos de la misma filiación. También es posible utilizar dos apellidos, como en España, pero para ello es preciso contar una razón de peso (el que uno de los progenitores sea español es una razón válida) y con un permiso de cambio de nombre que emite el Ministerio de Justicia y debe ir firmado por la reina Beatriz.

- Bélgica: También se utiliza un solo apellido que, por herencia del Código Napoleónico, es el del padre. No obstante existe la posibilidad de que una mujer solicite al Ministerio del Interior inscribir a su hijo con su propio apellido, por ejemplo en el caso de una madre soltera. En 2005, se propuso la implantación de los dos apellidos, pero la iniciativa no prosperó.

- Luxemburgo: Hasta hace unos años el único apellido por defecto era el del padre, pero ahora se permite elegir entre los apellidos del padre o la madre o una combinación de ambos.

- Alemania: Los matrimonios eligen un solo apellido como nombre de familia y tienen libertad para elegir entre los apellidos de la pareja. Con frecuencia, en el momento del matrimonio uno de los dos cónyuges asume el apellido del otro de manera que en el momento del nacimiento de los hijos el apellido de los hijos ya está determinado.

- Austria: Los hijos adoptan como apellido el nombre familiar que hayan elegido los padres en el momento de contraer matrimonio, cuando existe la opción de que ambos acuerden usar el apellido de uno de ellos o los dos unidos por un guión.

- Italia: Los hijos sólo reciben un apellido: el del padre si éste les reconoce, o en caso contrario sólo el de la madre, quien no pierde su apellido cuando se casa. En 2006, los socialistas presentaron un proyecto de Ley que permitiría poner los dos apellidos y elegir el orden, pero al iniciativa aún no ha prosperado."