quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Estou-te a dar musica

Esta faz todo o sentido para o novo ano, não achas?



On fire, é o que se quer



Dá vontade de dançar



E a última porque é linda e tem bailarinas a dançar em pontas :)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Pós-Natal

Desde que casei que a véspera de Natal é passada cá em casa com os sogros e o dia de Natal passamos com os meus tios e família da minha mãe em Azeitão.
É uma família grande e barulhenta... e eu faço questão de passar este dia entre eles.
Alguns familiares só vejo nesta ocasião, um tio querido que vêm de fora do país ... o arroz de cabidela que só como neste dia e se for feito por uma tia-avó velhinha.

Estas reuniões incluem sempre discussões acaloradas, como não poderia deixar de ser, sejam sobre a actualidade politica ou dos novos objectivos pós-reforma dos mais velhos.

Todas as famílias são complicadas e difíceis de perceber.
Sinto-me a milhas de distancia de alguns primos, parecem falar uma língua estrangeira e no entanto crescemos todos juntos.

Todas têm zangas e reconciliações.
Há poucos anos o "drama" do nosso Natal foi o divorcio de um dos meus primos e agora a actual namorada já está completamente integrada.

A minha família é igual a todas as outras, mas o que a caracteriza e o que adoro na minha família é a alegria ... nós gostamos mesmo é de cantar e dançar.

Este Natal não foi excepção :)
Tivemos muita animação e palhaçada com o karaoke, cantares alentejanos, fados tristes e samba.
Não pude ficar até altas horas por causa das pestinhas e depois de eu sair ainda andaram a dançar salsa, samba, kuduro... etc ... foi uma animação!!!!
Boas festas!!!

ikeia ou ikeá

Hoje fui ao IKEA comprar um roupeiro.
Quando cheguei ao corredor 2 e secção 5, reparo no alerta de "material pesado; peça ajuda aos colaboradores desta secção" e, depois de confirmar que era pesado como tudo, dirijo-me ao primeiro porreirinho que encontro.
O simpático presta-se a ajudar-me e coloca a embalagem no carrinho mas quando pergunto se ajudam a colocar dentro do carro, levo com um não redondo. Continua ele que, posso pedir a um segurança que esteja a passar no parque de estacionamento mas não sendo a sua obrigação tenho de contar com uma eventual simpatia e ajuda ao próximo.
A verdade é que não foi preciso e depois de muito esforço e de pendurar o meu peso todo, lá consegui enfiar a embalagem no porta-bagagens e empurrá-la até ao banco traseiro.

No parque de estacionamento reparo nos cartazes que eles têm e onde dão explicações dos seus procedimentos. Imaginei um assim:

"Sabe porque não prestamos auxílio no transporte até ao carro?
Porque sabemos que você tem força suficiente e caso não tenha certamente que veio acompanhada de alguém com dois bracinhos para a ajudar; se esta hipótese também não é válida temos pena mas assim os nossos produtos são mais baratos.
É esta a razão."

ano-não

Pergunto-me o que distingue uma pessoa de convicções fortes de uma de atitudes. Simplesmente atitudes; nem drásticas nem subtis; sem o dizer, simplesmente vai e faz!

Creio que resultam das suas convicções, lá está.. fortes, mas mais que isso.. mais que acreditar, chega-se à frente e quando dás por ela... tau! já o fez!

E é isto que preciso taaantoooo de fazer na minha vida: agir e tomar uma atitude, uma posição! virar a mesa em pleno jogo! mandar todos à merda, aqueles que me obrigam a passar na passadeira, a não pisar o traço continuo, a respeitar as filas e a cumprimentar com um sorriso! chega!

E ai que só me apetece dizer asneiras mas há dias assim! E ando aqui a engonhar, a planear, à espera do momento certo e quando dou por mim... ziumm.. já passou!

Tenho de ser responsável?
Tenho de viver em sociedade?
Tenho de dar um ambiente saudável e confortável à minha filha?
Tenho de me pautar por principios e valores éticos e morais?

SIM! SIM! SIM! SIM!

mas que merda..................juro-te que há dias que só me apetece cortar os pulsos!!!

(é só uma expressão... não ligues!!! estou em dia-não!!!!)

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

e agora?

Cheguei ontem amiga... de volta à realidade.

Passei 5 dias maravilhosos. Cheios de romance e descoberta como já não sentia há muito tempo. Quando dou por mim, estou apaixonada; e sou retribuída; e com um oceano que nos separa; e agora?...

Não sei o que te diga.... ;(
Creio que os próximos dias revelarão de facto o que sentimos. Uma coisa é certa, outra relação à distância não-obrigada; já me bastou uma durante 9 anos, e olha o que ganhei com isso: 9 anos de insatisfação!!
Nunca teres o teu companheiro ao teu lado para uma alegria, um desabafo, uma vitória, uma lágrima...não...percebes agora porque não pude aceitar o namoro? Mereço mais que isso!!

Sei o que sinto e a minha ida até lá foi tão determinante quanto isso; em alguns assuntos, não suporto zonas-cinzentas.

E agora?... quem sabe o que o futuro ainda nos reserva?... ;)


namoro no jardim...

Where are u?

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

domingo, 26 de dezembro de 2010

Imparável...

Sinto-me imparável...
Completei a minha primeira prova sozinha.
Fomos correr a São Silvestre de Lisboa e pela primeira vez fi-la sem o treinador a meu lado a marcar o passo. Estava um gelo, não sei como algumas pessoas conseguiam ir de calções.

Há um momento a meio de todas as provas de que gosto especialmente.
Quando passou a euforia inicial e já a meio estamos todos em silencio, só oiço a minha respiração, as minhas passadas e as do que estão ali à volta. Sinto-me em perfeita sintonia com uma multidão de estranhos.

Mais uma vez cumpri o meu objectivo de não parar.
A cabeça a ignorar as pernas que pedem para parar, nem quando percebi que iamos subir a Av. da Liberdade e dar a volta no Marquês. Só pensava que depois a descer ia conseguir relaxar. Baixo a cabeça para não pensar na distancia que falta e siga!

Quando passei a marca dos 6 km percebi que não ia terminar em menos de 1h que era o segundo objectivo... fica para a proxima.

Claro que o treinador quando acabou a prova, voltou para trás à minha procura, não fosse eu perder-me no meio da multidão.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

A todos ...


um Bom Nataaaaal .... a todos um Bom Nataaaal, desejo um Bom Natal para todos vóoooossss
(dá para perceber que estou a cantar? )

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

reencontro

E aqui estou eu!
Depois de um dia inteiro em viagem - saí às 9:00 de Lisboa e cheguei ao meu destino às 2:00 do dia seguinte; hora local 20:30h! tempo suficiente para deixar as malas em casa e irmos jantar!
O nosso encontro foi meio assarapantado, comigo a procurá-lo e a recusar as boleias insistentes dos taxistas, e ele a tentar furar a multidão de pessoas que esperavam os familiares para as Festas de Natal e chegar até mim.

Quando nos vimos cruzámos um beijo na cara com um beijo na boca que uns passos mais adiante, não tardámos em rectificar num longo-apaixonado-saudoso-beijo-e-não-acredito-que-estás/estou-aqui!

Foi-me buscar de carro alugado com chofeur e vidros escurecidos, explicado pela confusão que presenciei com as regras de trânsito inexistentes, a tarifa dos táxis negociáveis à viagem, os autocarros particulares que se atravessam nas faixas, as passadeiras que não passam de meras riscas no alcatrão, as casas pequenas com apenas as fachadas pintadas, o MacDonalds, KFC, PizzaHut e BurgerKing a fazerem concorrência em cada esquina.. típico de um país do 3º mundo!

Prosseguimos e chegamos à sua zona de residência. Aqui os prédios são altos, as varandas ricas em flora local que cresce com facilidade, os jardins verdejantes e cuidados, os canteiros com flores de cores vivas, as ruas limpas e com vigilância, o ar é limpo e fresco.

Despedimo-nos do chofeur, deixamos as malas em casa, e fomos no seu carro até ao restaurante italiano mais perto.
A saborear uma sangria gelada, cogumelos com alho, pizza e salada mista, a conversa é fácil e bem-disposta, os sorrisos estão sempre estampados no nosso rosto e a troca de olhares intensa. Ele é tão meigo!!

A voltar para casa, passámos por um jardim onde os casais se beijam e pergunta-me se quero namorar com ele.
Não levo a pergunta a sério...não posso, percebes?

domingo, 19 de dezembro de 2010

away I go

Amanhã parto para o meu destino.
Sinto que estou a dar o primeiro de vários passos para uma nova vida.
Sem esperar muito - apenas viver uma aventura - sei que voltarei de forças reforçadas!

Estou ansiosa e desejosa de viver com intensidade.
O resto... é o que for!

Beijinho amiga!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

kitiikitiikitty....

Olha que já não bastava o pijama do Noddy, a cueca do Ruca, o livro do Pocoyo, a t-shirt das Winx, os lençóis das princesas, as meias do Mickey, as Littlest Pet Shop e as aventuras da Camila... eis que temos a Hello Kitty!!

Desgraçada da gata que não tem piada nenhuma e cuja mensagem que pretende transmitir é nula no que diz respeito aos valores e princípios dos quais uma criança deve ser alimentada desde tenra idade e até eu tenho lingerie e pijama da (mal)dita!!

É certo que não chego ao cumulo da D com o seu chapéu-de-chuva, caderno, mochila, mala, saia, gorro e até verniz para as unhas!!!

E de quem é a culpa, de quem é?!?!

Ahhh pois é.....!!! E ontem não voltei a resistir e toma lá mais duas para a colecção.... arrrrrreee ...!!!

Nem mais ...

Não podia estar mais de acordo com a Rititi.
Já viste o anuncio de que fala?

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Espirito de Natal

Eu gosto muito desta época do ano apesar de embirrar com as musicas de Natal, mas acho que devo ter ficado traumatizada numa qualquer grande superfície cheia de gente louca e esbaforida a fazer as compras de Natal de última hora.

Fora este pequeno ódiozinho de estimação, gosto muito do Natal que para mim há-de estar sempre associado à família, ao bacalhau cozido, arroz de cabidela e o peru fantástico da minha tia, lareira acesa, muita conversa e risota, sessões loucas de karaoke ...
Lembro-me sempre dos filmes antigos sobre famílias italianas em que toda a gente fala alto e ao mesmo tempo, nós também somos assim ...

O que estraga esta quadra tão bonita são as ridículas luzinhas de natal e respectivos pais-Natais para pendurar na varanda, que se vendem na loja do chinês da esquina por tuta e meia e que nesta altura invadem as casas, árvores e arbustos um pouco por todo o lado.

Pior que isto só mesmo as luzes que um vizinho meu colocou à volta da casa e que têm musica ... sim, musica ... arghhhhh

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

que gafe..

Aii que eu tenho com cada uma...

Vê lá que hoje em reunião eu disse em alto e bom som, não-podemos-ficar-com-o-ânus... em vez de ónus!!

O que vale é que desatei à gargalhada e a reunião era com a minha equipa!!! Mas devem ter ficado todos a pensar onde é que eu ando com a cabeça...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

sinto-me cada vez mais apaixonada!

Não sei se é pela companhia, se dos mimos, beijos e abracinhos que me enche ao longo do dia, se das conversas intermináveis e deliciosas, de pedir desculpa quando ralho com ela e perguntar se estamos-bem, da carinha linda e expressões faciais que tem, das faculdades que lhe descubro, do potencial que lhe adivinho, da forma como mexe o corpinho e se aninha a mim.... não sei, não sei se será por isto...

Talvez... o facto de ter as mãos sempre pintadas das canetas, a alegria em dançar, cantarolar e assobiar, de perder os brinquedos na escola mas prometer que é desta que é responsável, de ser empenhada em todas as actividades, de ficar com o olhar preso quando lhe conto uma história, de pedir um-trabalho-em-equipa para a ajudar a comer, de se assoar à manga do casaco e rir quando lhe digo que é uma badalhoquice porque acha piada à palavra.... talvez.. não sei se será por isto...

Há ainda a possibilidade de ser por repetir ar-iu-toking-tumi quando lhe ensino a responder aos amigos traquinas, de espalhar afecto às professoras e auxiliares da escola, de se arreliar porque as mangas da camisa estão curtas ou tortas, os sapatos apertados, o casaco lhe arranhar o pescoço, de me chamar mamã, mammy, mammy-quida, minha-mamã-quida... é uma hipótese.. mas não sei se será por isto...

Lembro-me agora... será que é por gostar de dormir comigo e a minha respiração ter de ser encostada à sua carinha, com o meu braço apertado à sua volta, de ficar contente por ser fim-de-semana e ficarmos as duas em casa, ou ainda de concordar com tanta facilidade em dar os seus brinquedos-de-bebé aos meninos que precisam, de abraçar a árvore de Natal e agradecer por ser tão bonita.... será? não sei se será por isto...

Mas não interessa pois não?
É Amor.
Não tem porquê ou porque-não.
Aceito sem questionar.
E sinto-me tão agradecida!!!

Birras

Já conhecia os "terrible two's", mas nunca tinha ouvido falar e não estava preparada para os "terrible four's".

Ultimamente as birras da pirralhita pequena têm aumentado de frequência e de volume, principalmente de volume.

Quando é contrariada não se contenta em cruzar os braços e sentar-se no chão onde quer que esteja como acontecia até aqui.
Nunca demos atenção a estes comportamentos, costumamos ignorá-los e agir como se nada fosse e ela acabava por desistir, mas agora não parece suficiente ...

Já tinha começado com estas birras na natação, apesar de não a conseguir ouvir através do vidro, pelas expressões e pela boca aberta, deu para perceber o que estava a acontecer e no fim da aula a professora veio falar comigo e explicar-me o que tinha acontecido.

No fds tivemos oportunidade de assistir a este novo tipo de birras em primeira mão, com direito a lágrimas e muitos gritos (não sabe chorar sem gritar) à saída do supermercado.

Não dá nada nas vistas, nem fica o povo todo a olhar para nós enquanto fazemos o caminho através do shopping até ao carro com a pirralhita a chorar/gritar em plenos pulmões.

Se no primeiro filho ainda me sentia constrangida com os olhares reprovadores que nos lançam nestas situações, no segundo filho já lhes sou totalmente imune, não lhe vou fazer a vontade só porque estão pessoas a olhar ...

Ainda assim, cheguei a temer ser agredida por uma multidão de avozinhas zangadas.

Desabafo ...

Ontem no ginásio quando me estava a preparar para ir para casa, vejo mesmo à minha frente um enorme "novelo" de cabelos negros, compridos ... Não há justificação possível para alguém se estar a pentear e mandar os cabelos que caem para o chão, não é compreensivel, não acredito que o façam em casa!
Isto é uma enorme falta de civismo, de educação, etc.
Estas pessoas, por norma, tratam as coisas/locais como não sendo suas, é para estragar, não tenho nada a ver com isso, quem vier atrás que feche a porta.
Antes da remodelação dos duches no ginásio, quando as paredes laterais de cada duche eram revestidas a azulejo, também, tinham imensos cabelos colados às paredes.
Arghhhhhhh Não é normal ...

Era só um desabafo!

Filho de peixe ...

Levámos o M. ao dentista e voltamos a comprovar que filho de peixe é peixinho.

Deram-lhe os parabéns por não ter caries, mas por outro lado explicaram-nos que vai ter de usar um extensor no céu da boca. Socorro.......


Apesar de ter usado aparelho, não utilizei este extensor. Tu usaste, amiga?

domingo, 12 de dezembro de 2010

votos de um Feliz Natal

Antes, quando éramos só os dois e também quando passámos a três, criámos a tradição de enviar postais de Natal aos familiares e amigos. Sempre achámos que era uma forma mais carinhosa e com o nosso cunho pessoal que destoava dos (ainda) típicos sms com os mesmos votos.

De retorno recebíamos igualmente alguns postais que expunhamos com tanto orgulho no móvel do hall-de-entrada juntamente com o coro de anjinhos e telefonemas a agradecer que aproveitávamos, sem qualquer intuito neste sentido, para colocar a conversa em dia, agendar um almoço, um ai-vê-lá-que-até-parece-que-foi-ontem, ainda-tenho-aqui-guardado-o-teu-tupperware ou ainda um depois-no-Ano-Novo-diz-qualquer-coisa-pode-ser-lá-em-casa.

A D já com 1 ano começou logo a participar e fazia as suas pinturas de mão, que depois eu complementava com um poema (tradução: conjunto de palavras em rima) alusivo ao tema e o M contribuía com a sua assinatura e o típico comentário do não-sei-porque-é-que-um-simples-Feliz-Natal-não-é-suficiente.

No ano passado deixei-me disto.
Entristecia-me enviar os postais com uma assinatura a menos. Até porque significava que iria receber telefonemas a perguntar o que se tinha passado ou se o M estava fora como sempre.
Se hoje tal já não aconteceria, a verdade é que não tenho motivação para o fazer.

Recuso-me a enviar sms e não respondo aos vários que recebo, uns mais elaborados que outros, com rimas, anedotas ou imagens; começam a chegar no dia 23 e duram até ao dia seguinte, à hora em que as crianças já abriram as prendas e estamos juntos à lareira com o chá e a torta de cenoura da minha Mãe. E não é por desprezo mas por acreditar que a ocasião merece mais!
Assim, esta próxima semana vou aproveitar as viagens de carro e fazer alguns telefonemas.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Adeus à doninha

Os Da Weasel terminaram ... aqui

Tenho imensa pena de deixar de ouvir esta banda de Almada que me dizia tanto, deixo-te as minhas preferidas



Wishlist #2



Ando a namorar este casaquinho, mas não me consigo decidir...

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

checklist

Já comecei com os preparativos da viagem!

Fiz uma lista (mental) de tudo que quero levar comigo e que considero indispensável para umas férias desta natureza, além do mítico livrinho da American Express com os locais a visitar e curiosidades do país, tenho roupa casual para durante o dia e vestidos para a noite; levo também a calça de ganga para usar com bota alta, bikinis, um agasalho ou outro.

Os ténis de corrida e várias mudas de roupa, além do iPod e boné não podem faltar; sei que lá tenho um bom circuito de corrida, além de ginásio e piscina interior.

Não faço ideia se vai dar para fazer praia, caminhadas ou alpinismo mas hoje encontrei mais uma peça que tive de comprar e acho que faz todo o sentido em levar comigo...


Cerejinha, tu já viste que coisa mááá linda!!!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

exit

Estou que nem posso de excitação e ansiedade das minhas férias!!

Eu sei que são poucos dias e não poderei visitar tudo que este país oferece mas sabes.... não quero saber! vou conviver com outras gentes, numa cultura diferente, uma outra língua, comida, cheiros, jeitos, costumes...! ahhhh não adoras simplesmente viajar Cerejinha? só pôr o pé na estrada e fazer-te a ela!

Se fosse mais nova... ;) (que é como quem diz, se não tivesse tão presa a tantas responsabilidades) passava a rastafarian, fazia um piercing no nariz, uma tatuagem no tornozelo e apenas com o essencial na mochila (hoje desconheço este conceito... tinha de tirar um curso qualquer de hippie ou wildlife...) lá ía eu; no caminho fazia amigos e amantes, ganhava o meu sustenso a apanhar fruta ou de alguma forma de arte que entretanto adquiriria, não receava apanhar boleias e sentir-me-ia livre como um pássaro.

Um pássaro que viajaria com a sua cria claro, e não pagava impostos nem se preocupava com a segurança social ou seguro de saúde, com a declaração do IRS ou com o PPR, com a prestação da casa, do carro, da escola.



Quero absorver tudo! aprender, adaptar-me, surpreender, crescer!
E quero perceber porque razão apostei tanto nesta viagem.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

É uma pena ...

Infelizmente já precisei da ajuda deles algumas vezes e tenho-lhes o maior respeito e admiração pelo trabalho que fazem.
Foram uns amores, mas não eram bem assim!



Brincadeirinha, ma, o único bombeiro que eu quero és tu ....

bom-beiro

Desses também nunca os vi e não percebo porquê uma vez que já me senti a arder e a precisar que me apagassem um fogozito ou outro...

Por cá nunca vi destes bombeiros



segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

pseudo-pet

Temos um novo amiguinho.
Fez da nossa varanda a sua casa, e do vaso rectangular a cama.
Tem três cores e a D apelidou-lhe de Pintinhas. Eu, devido à explicação das manchas e não pintas, estou autorizada a chamar-lhe de Manchinhas.
Assusta-se sempre que nos aproximamos e salta rapidamente da varanda para a rua, deixando a D triste porque não lhe consegue fazer festinhas ou deixá-lo entrar em casa.
Hoje fomos comprar comida para ele porque não bebeu o leitinho que deixámos na tigela; mas já se aninhou na toalha que preparámos em cima do vaso, para o proteger da terra fria.

A D sempre quis um gato e eis que agora.. o frio lhe trouxe um. É certo que não lhe irá para o colo nem ronronar nas suas perninhas mas, por outro lado não me rói os móveis nem arranha os cortinados!

Por mim, acho um excelente compromisso.
E a D já pode dizer que tem um gato!

domingo, 5 de dezembro de 2010

dahh

Aos domingos encho a banheira para a D brincar um pouco com as loicinhas e todos os bonecos que podem ir à água.
Desta vez fingia ser uma sereia e (como sempre dá-me o repertório que devo seguir à letra) pede-me para lhe perguntar porque razão ela é do tamanho do mar:

- olá sereia! és muito bonita e tens uma grande cauda.... mas porque és do tamanho do mar?
- porque isto é uma banheira!


(pronto... quem me manda a mim fazer perguntas óbvias?!?)

mais um

Hoje descobri mais um nódulo na minha mama direita. O mais assustador é que nem foi através da apalpação, coisa que faço com frequência e aliás, já de forma automática quando tomo banho. Assim que entro na casa-de-banho, já despida, vejo-o saliente projectado no espelho e foi como uma martelada na minha cabeça a relembrar o exame de 4-6 meses que devo fazer.

Como sabes, já retirei dois nódulos e felizmente tratavam-se de fibroadenomas, e não tenho historial de câncer na minha família mas as cicatrizes que a cirurgia me deixaram, mantêm viva a possibilidade e a vigilância dos restantes.
Já tenho exame e consulta marcados.


fibroadenoma: um tumor benigno que pode ser sentido muito facilmente, é o tumor mais comum encontrado em mamas femininas. Ocorre com mais freqüência em mulheres férteis. Os fibroadenomas não são sensíveis e normalmente não são malignos, na maioria das vezes são apenas nódulos. No entanto, há casos que envolvem nódulos múltiplos e em poucos casos são encontrados na mama. Geralmente um médico pode diagnosticar um fibroadenoma pela palpação da mama. Embora os fibroadenomas sejam inofensivos, a remoção cirúrgica ainda é recomendada. Há duas razões principais para esta recomendação. A não ser que o tumor seja removido e estudado em um microscópio, não há como garantir que este não seja canceroso e embora o nódulo não envolva o tecido mamário, ele pode crescer bastante e deformar a mama.

Conversas ...

Ao acender a lareira ...
- Estas pinhas ... lembram-se onde as apanhámos ?
- As espinhas ?
- Não, M., são pinhas.
- Eu uma vez engoli uma pinha na escola

Neste domingo chuvoso e frio

Quem é que foi correr a Maratona de Lisboa, quem foi?

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

queloide

Olha.. tenho sentido uma leve indisposição… assim um incomodo interior, alastrando-se para um mal-estar.. é quase um vómito psicológico.
Faço por me rodear de atitudes e pensamentos positivos mas este maldito cérebro, estas células cinzentas que não me respeitam nem me obedecem!!! teimam em pensar por elas, remexem no baú onde guardo as memórias e desarrumam tudo o que eu atafulho lá para dentro. O pior é que estas malditas são venenosas e criam conspirações, geram novos pensamentos que cospem cá para fora com tanta naturalidade!! como se fossem meus!! basta um viagem de carro, ao adormecer, uma caminhada…. as corridas…. aiiii as corridas… nem a dor muscular me apagam estes malditos pensamentos, esta agonia que não me desampara a loja!!!

Que raiva!! E eu que quero andar para a frente com a minha vida!! Mas volta-não-volta com uma frequência doentia, lá vem esta praga que se apodera do meu córtex e aniquila todo o treino que teimo em fazer!!!

O parvalhão claro… não ajuda e sempre que adivinha que a ferida está a cicatrizar, vem com as suas mãozinhas e raspa-me a crosta até sangrar! não lhe interessa o quanto já me magoou! está cada vez melhor! implacável o desgraçado! com a sua vida nova, namorada nova, filha nova….

Mas eu cumpro o meu dever… assim creio!.. e respondo com carinho e calma, a todas as perguntas da minha filha sobre a maninha dela, e do tempo que a mana está na barriga da namorada do Papá, e que vai brincar muito com ela, e que adora a namorada quida do Papá….

Aiiii, dá-me licença sim? vou ali vomitar e já venho!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A outra

Ao ler isto lembrei-me de que já fui a outra.

É certo que durante pouco tempo e gosto de acreditar que não tive o tratamento típico da outra, ficar à espera e sozinha nos momentos importantes, mas a verdade é que já fui a outra.

Arrependo-me de poucas coisas na vida, mas esta é uma delas, pesa-me na consciência a deslealdade.


Tu não admites, mas acabei por te fazer um ultimato na minha primeira viagem a Londres, queria ter uma decisão à minha espera quando voltasse.

Fui capaz de suportar as várias tonalidades de cinzento enquanto a paixão foi mais importante do que respirar, mas tu sabes que eu gosto mesmo é de branco ou preto e por isso esta fase tinha os dias contados, fosse qual fosse a tua decisão.

E tu decidiste, ma.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

É Natal, é Natal ...

Vou dar inicio à época de jantares de Natal.
Começo hoje com um grupo de colegas e amigos de um banco onde já estive, seguem-se nas próximas semanas, um jantar de amigas, um jantar de colegas que estão ou já cá estiveram e o jantar de Natal aqui do banco.
Resumindo, até agora tenho 4 jantares marcados, o que para mim constitui um ano fraco.

Confesso que adoro esta época, é um óptimo motivo para estar com pessoas de quem gosto ou pelo menos das quais gosto da companhia, da conversa ...

Acabamos sempre no final a dizer que temos que nos encontrar mais vezes e agora no próximo ano é que vai ser diferente, mas isso no fundo não interessa nada.

A noite terminou no Jamaica no Cais do Sodré. A última vez que lá estive foi à uns 20 anos (isto soa tão mal) e se dessa vez não gostei esta vez não foi melhor.
Uma experiência a NÃO repetir...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

define: amigo

Existem diferentes tipos de amizade. Assim como existem diferentes tipos de amigos. E com os mesmos amigos podes atravessar momentos diferentes de amizade.

Há aqueles que vês e falas de vez em quando e sentes que caso precises de falar de algo mais pessoal que podes contar com eles, mas não são propriamente os primeiros a quem tu recorres. Existem outros que tu procuras em caso de necessidade extrema, choras desalmadamente e pernoitas em casa deles, onde recebes atenção e carinho quando precisas. Os amigos que já foram mais amigos do que são hoje, mas não ganham outro adjectivo que não o de ser amigo. Aqueles com quem falas todos os dias e contas cada pormenor com pontos e virgulas e ele-disse-isto e eu-respondi-aquilo. Os outros com quem marcas almoços de mês a mês e fazes um ponto-de-situação da tua vida. Aqueles que tu amas de paixão e que serão teus amigos para o resto da tua vida, independentemente do tempo que separa cada encontro, ou do meio de comunicação, com quem tu sentes que assinaste um pacto intrínseco de amor e carinho, sem necessidade de palavras faladas ou escritas; que passe o tempo que passar, ele é O teu amigo! aquele amigo! que tiras a camisa e lhe dás e ele fará o mesmo por ti; para quem a tua casa é a casa dele, por quem tomas conta dos filhos ou deixas a tua aos seus cuidados, para quem te sacrificas sem sentir qualquer sacrifício.

E é também este universo de amigos que revelam o ser humano que és.
E é este universo que me faz sentir uma pessoa especial. Saber que posso ser quem sou sem disfarces, barreiras ou subterfúgios; que me apoiam, que sugerem ou criticam; que aplaudem, me acompanham ou me chamam à razão; que gritam, choram comigo ou por mim; com quem eu rio, com quem eu quero estar, de quem eu tenho saudades; por quem eu nutro um sentimento tão especial que só posso dizer "Adoro-te"!

Agradeço a eles tudo o que me dão e principalmente, porque eles também fazem de mim, quem eu hoje sou.

Trabalhos manuais

Pediram-nos para fazer uma das figuras do presépio em materiais reciclados.

Este foi o resultado.
Adivinhas o que é?

À velocidade da luz

No sábado fomos ao autódromo para o V. usar o voucher que lhe oferecemos no Natal passado, que lhe deu a possibilidade a uma volta ao volante de um Ferrari.

Eu acabei por não resistir a dar uma volta ao lado de um piloto profissional.

Foi espectacular... sempre gostei de velocidade, mas nunca tinha experimentado nada assim.
As curvas feitas no limite, a parabólica foi do outro mundo, a velocidade nas rectas, a adrenalina, não consegui evitar as gargalhadas de excitação!!!!




Intimissimi, este foi outro tipo de orgasmo ...

É canja ...

Alguém me sabe explicar como é que se estraga uma canja?

Não deve haver coisa mais fácil na cozinha e eu consegui a proeza de fazer uma canja intragável....

Queria fazer um mimo ao M. que está sempre a dizer que adora canja.Eu tentei comê-la só para não dar o braço a torcer ...

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Só hoje

Hoje apetecia-me sermos só dois como antes.
Não quero ajudar ninguém a jantar, não quero mandar ninguém para a cama, não quero lavar os dentes a ninguém ...
Iamos jantar a um sitio simpático, levavas-me a dançar e o resto era história.

Mas já me passa, assim que entrar em casa e as pestinhas vierem a correr para mim ... "Mamã!"

Pedido de ajuda

A União Zoófila está a pedir ajuda para alimentar os animais que têm a cargo.

Estão a pedir especificamente ração seca e latas de patê (não pedaços) que utilizam para esconder a medicação de que alguns animais necessitam de tomar.

Mais detalhes aqui http://www.uniaozoofila.org/

Só me falta conseguir convencer uma certa pessoa a inscrevermos-nos como FAT (familia temporária de acolhimento)

carta ao Pai Natal


Ajudei-a na sinceridade.....claro está ;)
Um "às vezes" faz toda a diferença para quem precisa de impressionar mas não pode mentir...

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Estamos quase lá ...

Vou dar inicio à minha wishlist de Natal ... não vá andar por aí o Pai Natal a navegar na net, dá de caras com as minhas opções e não há como enganar.

Começando com umas malinhas da Bimba&Lola




Intimissimi ... isto não é mais do que um pretexto para mostrar coisas bonitas!

mulher-maravilha

Nem vou tentar disfarçar a falsa modéstia!! hoje senti-me mesmo a mulher-maravilha!!

No espaço de 30 minutos consegui a proeza de dar o pequeno-almoço à D, aquecer-lhe o almoço sem o queimar, ao mesmo tempo que me lavei e vesti, lavei e vesti a D, arrumei os sacos da natação e ballet, a muda da farda para o dia seguinte, lavei a loiça e fiz a cama!

Bolas que sou mesmo boa!

E hoje não foi o único dia!
E eu não sou a única mulher!


É certo que depois fiquei presa no trânsito por causa da greve geral... faltou-me um surfista-prateado!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

decisões fodid...

Sabes... tenho andado a bater mal nestes últimos dias (aliás, desde o ano passado que a vida resolveu me testar e ver que tipo de mulher sou ou que material sou feita e toma lá porrada a ver se me aguento à bomboca! mas espera aí que já lhe digo!!)

Deixa-me resumir-te o imbróglio:
. convite de um amigo
. para mim e para a D
. uma semana fora de Portugal
. viagem de 12 horas
. semana do Natal!

Estás a ver não estás?
Pronto, então agora com um pezinho em cada prato da balança, a ver para que lado é que esta porra tende a pesar...

Vou deixar de parte os pormenores da conversa com o M, com os meus Pais, a minha irmã e com a D! Deixa-me contar-te o resultado de muitas conversas, e por vezes discussões acesas, entre as minhas consciências de Mulher e Mãe:

A D está ansiosa que eu tenha um namorado e levá-la comigo seria apresentar-lhe uma relação de amizade colorida que, por muito sincera eu seja com a minha filhota, 4 aninhos ainda são 4 aninhos.
Este meu amigo é especial mas a verdade é que não o conheço bem (mas também achava que conhecia o M por isso, vale o que vale...).
Para a D passar o Natal fora significaria não estar com os avós, tios e primos que adora, abrir todas as prendas ao mesmo tempo e ficar maluca sem saber com o que brincar! Já fizemos uma viagem de avião de 8 horas mas esta para a minha menina, com escala e tudo.. seria bem mais puxadita.
Eu, desde que me conheço, nunca passei o Natal sem os meus Pais e irmã, depois com os meus sobrinhos e acima de todos, a minha querida.

Não ir, seria uma opção. Mas não necessariamente a melhor opção como Mãe.
Ir, seria outra possibilidade; na realidade, um risco; ou melhor... uma aventura!

E ai! que preciso de uma aventura! de sentir o gozo pela vida, de me sentir viva, de sair deste clausuro diário e rotineiro.

E sabes... a minha menina? Segurou-me a mão e disse com a sua vozinha de mel "Mamã vai correr tudo bem, vai descansada que eu estou com o meu primo; quando chegares contas-me o que há nesse país."

Vou Cerejinha! É certo que não vou totalmente em paz, mas vou.

Ainda temos espaço


Vês como ainda tenho uma mão livre?
Ainda temos espaço para mais um, ma, tu sabes que sim.

É uma chatice quando os miudos aprendem a ler ...

Estamos os dois a ver o programa da Tyra e estão a falar os signos e o sexo, quando a Tyra pergunta quem é o melhor na cama e a entrevistada diz que é o escorpião.
- És tu, mamã, não és?
(desmancho-me a rir)
- Mas tu sabes que eles estão a falar de sexo, não sabes?
- Não, ela perguntou da cama e tu estás sempre na cama!!!!
Fiquei a rir-me até às lagrimas sem ele perceber bem o que disse de engraçado.

Fico sempre espantada por me conhecer tão bem ...

Intimissimi, fiquei em casa de molho ...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Brincar às profissões

Ontem quando cheguei a casa, a M. queria brincar aos cabeleireiros.
Pintou-me as unhas, penteou-me e deu-me o espelho para ver os resultados.
Tinha os apetrechos todos nos bolsos como uma verdadeira profissional.

- Temos que contar à Sofia que queres ser cabeleireira como ela quando fores grande!
- Não, mamã, só estou a brincar!

E mai nada!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

o poder de um beijo

hoje é que me apercebi que afinal o M não beijava como eu; como eu gosto de beijar.

Não gosto de lábios e línguas rijas. Gosto de beijar como se de lamber se tratasse.

Gosto de sentir o calor da respiração dele; gosto de descansar os meus lábios entreabertos nos dos dele. E assim ficamos.. a sentir e trocar o quente do hálito, limpo e sereno ... tocamos de leve e devagar os lábios do outro... fechamos os olhos para de seguida abrir... apenas um pouco... e manter o olhar, seguro e atrevido, de quem oferece a boca ainda sem língua.

Sentes a tua vulnerabilidade e a confirmação do desejo dele.

De seguida uma língua melosa lambe o canto da boca; provoca; dá-se a provar.

Ambas as línguas respondem ao chamamento e lambem-se, exploram a boca, molham-se, sem conter a respiração; os corpos reagem e sinto-me a arquear o rabo, os mamilos a endurecerem...a tesão dele a aumentar......

..... sou capaz de me vir com um beijo destes!!


Cerejinha..isto há dias e dias...e olha que me controlei....

e só às paredes (e a ti) confesso que:

. deixo a minha filha adormecer sem lavar os dentes porque entretanto já se meteu na cama, está muito cansada e não há ninguém que a tire de lá;
. compro comida pré-cozinhada incluindo a sopa; aproveito para te dizer que a minha filha adora o arroz-de-pato do continente (passo a publicidade);
. nas manhãs mais dificeis, faço-lhe um rabo-de-cavalo sem lhe pentear o cabelo;
. se ao fim-de-semana, acorda às 6:00 cheia de fome digo-lhe que ainda é de noite e recuso-me a sair da cama para lhe dar o pequeno-almoço;
. se ao fim-de-semana, insiste para eu sair da cama às 7:30 porque já é de dia, vou-lhe buscar um tabuleiro, papel e canetas para ficar na cama a pintar; de vez em quando, estico o meu braço e faço um rabisco de olhos fechados;

é uma vergonha... eu sei...

. mas de uma coisa me orgulho: nunca lhe menti!

serve o presente para te informar

que estou neste momento a comer um petit-gateau acompanhado com morangos!

É só porque tens a mania que eu tenho a mania de só comer cenas saudáveis.... ora toma lá a bomba!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Em conclusão ...

Depois de uma corrida sofrida no ginásio, um banho demorado e reconfortante ... visto-me e quando passo por um espelho "ui, andei assim vestida o dia inteiro? De manhã parecia-me bem, agora parece que escolhi as roupas às escuras, !%&(=#/$f..........!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Pdi

Na terça-feira fui a uma aula de Bodyjam, que adoro e com a qual vibro muito e danço ainda mais.
A meio da aula cheguei à conclusão que todos o que estavam ali aos pulos comigo tinham menos de 30 anos ... bebés!


Intimissimi, meu amor, escusas de vir com a conversa dos jovens de espirito e blá blá blá ...

Domingo com yoga

Este domingo começou com uma aula de yoga dada pela minha irmã recém-instrutora no ginásio da minha priminha Rita em Picoas.

Tive de levar os miudos comigo, mas nem vou entrar por aí. Digamos que se portaram-se o melhor possivel dadas as circunstancias ...

Isto nem seria assunto, não fossem as fotos lindas que lhes tirei.





quarta-feira, 17 de novembro de 2010

pink!

Comprei um iPod Shuffle!!! Comprei um iPod Shuffle!!! lá lá lá lá..... e...... comprei um...... lá lá lá... iPod..... Shuffle... tiroli tiroli.....


E a cor escolhida foi....

Plantel maravilha

O M. foi convocado para um jogo de futebol pela primeira vez desde que começou a treinar.
Este sabado lá vamos nós de máquinas em punho assistir ao primeiro jogo da cria mais velha!

Quanto tempo duram estes jogos dos miudos?
Uma meia hora ?
Não são concerteza os 90 minutos jogados pelos adultos.

Eu adoro o meu fofinho... mas futebol nem por isso!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

o que te recordas mais da tua Mãe?

Jantar de gaijas. 5 no total. Eu, a única divorciada. Duas bem com o casamento. As outras duas também não.

Aquelas mulheres estão cansadas, diria até esgotadas senão com uma depressão.
Para elas tudo é um esforço, tudo é difícil e complicado, desde tirar o cinto da cadeirinha das crianças, a vesti-los pela manhã e levá-los à escola, a brincar um pouco quando chegam a casa... São as primeiras que admitem que, se quando chegam a casa ainda têm tempo antes de começar a fazer o jantar, optam por trabalhar mais um pouco enquanto o filho brinca sozinho no quarto.
São as primeiras também a admitir que preferem uma escola perto de casa para que o trajecto até ao emprego seja em paz e sossego.

A paciência para com o marido esgotou-se e o rol de queixas aumenta. Ou porque ele vai jantar com os amigos ou porque ele chega a casa tarde e as crianças já dormem, porque eles não ajudam em casa, e afinal à noite... quando deveriam dormir voltados um para o outro, elas viram as costas e fingem dormir para que o marido nem sequer tente fazer amor com elas.

Que vida é esta?!?
Aguentam isto tudo para quê? Porque é mais um rendimento a entrar? Porque os filhos precisam de um Pai e uma Mãe debaixo do mesmo tecto? Creio que sim mas a que custo?!

E um beijo de saudades e ardente quando o parceiro chega a casa? ou os jogos eróticos num banho a dois? ou aquela cumplicidade, harmonia e amizade? a vontade de lhe contar os desejos e aspirações? os objectivos a dois? o passeio de mãos dadas... o dormir aconchegado.. o acordar e enchê-lo de beijos... um domingo na cama com a filha a meter-se no meio e a pedir desenhos animados... o pequeno-almoço na esplanada da praia... o Natal a três... as cócegas e risadas à socapa... a certeza que está tudo bem enquanto ele estiver ao teu lado...

A rotina é um vírus. Entra nos teus poros e infiltra-se no sangue, ocupa todas as tuas ramificações e antes que te apercebas... perdes a faculdade de viver; esqueces-te porque te apaixonaste e o quanto ansiavas o teu filho.

Que raiva que me dá aquela expressão arrastada de "é tudo muito complicado...."

Os nossos filhos têm saúde! Têm saúde!! Já repararam nisso?!?
E nós temos também saúde, e um tecto, e escola particular para os filhos, um emprego, a capacidade de pensar, falar, ver e ouvir, dois ou três carros, a manicura e pedicura e depilação e a tinta no cabelo em dia, os nossos pais e irmãos próximos de nós, um país sem guerra, um mar à porta de casa, amigos....

Oh pá, saiam dessa inércia e façam algo pela vida! por vocês! essa conversa de que é o melhor para os filhos é só uma desculpa!! os nossos filhos querem nos ver felizes e bem com a vida! e nós não nos podemos esquecer que somos os modelos deles em tudo inclusive no que toca a relações.

A minha máxima tem sido como eu gostaria que a D se lembre de mim e desejo com todas as forças que ela se lembre de uma Mãe forte, corajosa e decidida, que sofreu mas lutou pela felicidade, que era honesta, inteligente e amiga, generosa e divertida. Quero que ela diga... "sim, a minha Mãe gozou a vida e ensinou-me muito; sou feliz também graças a ela!".

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

CR going to CV

Hoje uma amiga minha voltou para o seu país de origem. Depois de 22 anos em Portugal, com marido e filha de 6 anos, aceitou um desafio profissional que a juntar à desmotivação já sentida a algum tempo, foi aquela luz ao fundo do túnel.

Quando ela me deu a notícia fiquei tristíssima!! Nem sequer consegui pensar na excelente oportunidade que seria para ela. Senti apenas que bastava de perdas na minha vida. Estava em zona de tolerância zero para mais desgostos.

Rapidamente recuperei e ajudei inclusive a organizar um jantar de despedida onde reunimos cerca de 40 amigos.
É uma pessoa muito querida e especial e com um coração do tamanho do mundo!!
Sinto-me previligiada por ser amiga dela e por ter recebido o seu telefonema a subir as escadas do avião.... querida, tudo de bom para ti! Se há pessoa que merece... és sem dúvida tu!

E eis que foi.

E eu também tenho de me fazer à vida!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

tenham dó!!

Pergunto-me.. o que nos leva a deixar uma filha na escola com as lágrimas a correr pela face, com os bracinhos esticados a chamar pela Mamã...?
Sinceramente não sei...

Será o trânsito que aquela hora já começa a ser complicado? ou o facto de teres um descampado para estacionar que esgota antes das 9h da manhã? ou quereres dar o exemplo e seres das primeiras a chegar? ou porque simplesmente gostas de começar a trabalhar cedo?

É verdade que são tudo motivos. Mas serão justificações?
É o meu bebé!! É verdade que já tem 4 anos mas por outro lado.... bolas!!! ainda só tem 4 anos!!!
Os nossos filhos conhecem desde cedo o sentimento da separação e da perda porque não entendem que a Mamã volta umas horas mais tarde; porque não adivinham o aperto no coração que levamos connosco por os termos deixado a chorar... e com aqueles bracinhos pequeninos esticados a pedir-me colo.. e carinho..

E eu ainda refuto "Ó D.. não pode ser assim querida! a Mamã tem de ir trabalhar"... tenho de ir trabalhar... pois tenho! mas como se isso fosse automaticamente transformado numa equação perfeita de compreensão e raciocinio.

E depois de me castigar mentalmente por andar sempre a correr e preocupada com o horário e o trânsito, eis que finalmente chego à escola, pronta para abraçar a minha filhota e enchê-la de beijos e mimos!! de levá-la para casa e de brincar e pintar até à exaustão!! de lhe dar banho, ficar cheirosa e vestir um pijama quentinho.... a pirralha nem sequer me cumprimenta!!!! está mais preocupada em pedir-me para a amiga ir lá para casa ou de ir para casa da amiga, quando apenas(!) 10 horas antes se sentia perdida e desgostosa sem mim!!!!

E o pior é que na manhã seguinte eu não aprendo a lição e em caso de choro, volto a martirizar-me novamente!!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Aniversário


Depois de deixar a fofinha na escola, comecei o meu dia especial com uma massagem que marquei num Spa no hotel Inspira em Santa Marta.
Como deves imaginar quando entrei no SPA já estava a arrancar cabelos à custa das 500 voltas que dei por ali à procura de um lugar para estacionar.
Mas estava determinada a não me deixar afectar pelo stress, não era esse o objectivo deste dia.
Entretanto a senhora da recepção começa a dizer-me que houve um problema com as marcações ... bonito ... é desta que perco as estribeiras e peço já o livro de reclamações num hotel e spa acabadinhos de estrear ...
Não, hoje não, hoje estou em modo zen...
Tudo se resolveu e dou por mim no duche Vichy sob a àgua morna. Todo o stress desaparece e já estou a ronronar só com a esfoliação e ainda se segue a massagem de relaxamento e hidratação!
Saio renovada, foi realmente extraordinário... recomendo vivamente!!!!
Fui almoçar com uma amiga a Telheiras e acabei a tarde a acompanhar os meus M&M's na natação, o que para os meus horários actuais é um luxo!
O dia terminou com um jantar familiar com o bolo de aniversário de chocolate da praxe.

Intimissimi, estás melhor?
Experimentaste a minha receita? Uma só vez não chega, tens de o fazer durante vários dias!
As melhoras

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Muy guapo!



Joaquin Cortés com o seu novo espectáculo "Calé" no Pavilhão Atlantico em Dezembro!

que desconsolo, fónix..

Se há coisa que eu detesto..... mais que a injustiça no mundo, da pobreza, da pedofilia e abusos sexuais..... da violência doméstica e estupidez natural, da arrogância do Homem, dos crimes contra os animais e do abate desenfreado de árvores..... das guerras e das bombas atómicas, do preconceito e discriminação social, racial, religiosa e sexual..... mais que a mentira, a deslealdade e maldade, do abandono de crianças e idosos..... da impunidade dos ricos e influentes, do holocausto e dos campos de concentração, dos comunas, nazis e outros tais extremistas.... da ineficácia do sistema judicial, de saúde e educacional.... da fuga aos impostos, da técnica do desenrasque e do espertalhão, da sida e do cancro, da falta de vacinas e de água potável, do consumismo e desperdício... das lixeiras a céu aberto e do buraco no ozono, da crise económica portuguesa e mundial, da falência dos bancos e dos rácios de solvabilidade, do cócó do cão na rua e das beatas de cigarro na praia... do PIGS, do fecho da bolsa em baixa, dos orçamentos do estado reprovados, dos políticos e contrabandistas... mais do que isto tudo.... é DESCASCAR A PORRA DE UMA ROMÃ E NÃO ME SABER A NADA!!!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

acho que tenho...

...um web-potential-lover-cam....

gay'xperience

Este sábado fui ao Tramps, a disco gay mais conceituada em Lisboa; fui acompanhada de duas amigas minhas e de três amigos gays.
Ora não fosse a orientação sexual estar em sintonia podiamos ter feito três belos casalinhos.
Mas assim também fizemos um grupo super divertido, que dançámos e nos roçámos sem qualquer pudor, enquanto vemos eles e elas a comerem-se como não houvesse amanhã!

Vês poucas lésbicas pois aqui a carne é maioritariamente masculina. Mas as que vão ou vão acompanhadas e estão com a tesão aos rubros, ou vão acompanhadas mas procuram troca de parceiras para aquela noite.

O ambiente é super descontraído, a musica é excelente e fartei-me de dançar!!

Só para variar, é engraçado veres um homem a galar-te as mamas mas com inveja de não ter umas iguais....

reset

Tens razão Cerejinha.
Nestes últimos dias entreguei-me ao rodopio do trabalho, tarefas domésticas e à gripe! Tanto que nem arranjei um bocadinho para me sentar e escrever.
Tens suportado este nosso cantinho sozinha e não é justo, é o que te digo!

Ora novidades....nesta minha vida que é uma autêntica aventura....:

Hoje fui fazer o cartão de cidadão e actualizar o meu estado civil. Ainda não percebo porque razão é importante saber que já fui casada! Não podem simplesmente fazer um reset ao estado civil e voltar ao solteira?
Assim do tipo fui-lá-já-vi-e-já-voltei-e-não-estou-interessada; faça lá o favor de me repor as configurações originais!!

Afinal se me casar de novo e de novo me divorciar, o estado civil não é incrementado a bi-divorciada, tri-divorciada... pois não? E até deveria ser importante nem que seja para avaliar o respectivo grau de estupidez!

Esta porcaria é como uma etiqueta que me perseguirá para sempre e fica agora registada até nos meus dados de identificação; já não bastava a altura, a impressão digital, o nome completo, a filiação... Mais valia colocarem-me um ship no pescoço e apitava sempre que entrava em algum lado!! Acendiam-se uns neons com setas a apontar e ouvia-se de um altifalante: "Atenção! Mulher Divorciada a Entrar; é Favoooor Afastar-se do Recinto!"!!

Parabéns Maninha!!!!

A minha irmã fez exames da Federação Portuguesa de Yoga e é desde este fim de semana, instrutora yoga do Método De Rose!!!!
Parabéns!!!!!

Estrelinha

A minha estrelinha começou ontem na escola nova.
Eu estava com algum receio, a escola é nova, é grande, desconhecida, muitos meninos... o que é que isto vai dar?
Por outro lado, é uma menina muito simpática que faz amigos onde quer que esteja, nas férias, na praia, na piscina, nos restaurantes enquanto esperamos ...

Deixei-a na aula de ginástica, deu-me um beijo e foi-se embora com a educadora. :)
Já eu saí de lá com o coração apertadinho, mas a minha fofinha é uma corajosa!
És a maior!

Continuo cautelosa ... pela minha experiencia, estes processos de adaptação começam a correr mal na segunda semana. Vamos ver ...

Adenda:
Sabes que temos uma amiga que nos lê todos os dias mas nunca deixa comentários!!!! Adivinha quem?

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Serviço Publico

Hoje foi dia de fazer o exame anual aos meus inumeros sinais.
Chama-se dermatoscopia e todos o deviam fazer, os técnicos identificam os sinais a classificar e é-lhes atribuido um score. A partir de um determinado score, os sinais são removidos e enviados para análise.
Faz uns sete anos mais ou menos, depois de ter o M., que um desses sinais que me foi removido voltou com a pior noticia possivel, era um melanoma.
Numa fase muito inicial, ainda não tinha ramificações na corrente sanguínea e por isso bastou retirar mais pele para se certificarem que não restavam celulas "más" e não tive de fazer os outros tratamentos horriveis de que já todos ouvimos falar.

Raramente conto esta história que até acabou bem, mas que não deixa de ser uma núvem negra em qualquer conversa entre amigos.

Assustou-me a forma como foi tudo tão aleatório.
Tinha um filho com 6 meses quando o sinal foi identificado. Lembro-me de ter ficado a olhar para aquela palavra no resultado do exame, não queria acreditar, não conseguia acreditar. Como?
Se não tivesse mantido as consultas com aquela dermatologista, o desfecho seria outro sem dúvida.

Façam este exame e falem sobre ele aos vossos amigos, não é preciso terem um sinal esquisito, a maior parte das pessoas não sabe identificar os problemáticos.
Façam este exame!

sábado, 30 de outubro de 2010

Leis de Murphy

Detesto as leis de Murphy, mas deve estar escrito em algum sitio que as vou comprovar pessoalmente.

Se alguma coisa pode correr mal, correrá.
E mais, correrá mal da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.Hoje revejo-me tanto nesta estupida lei!

Falta de espirito critico? Não sei. Pode ser isso ou posso errar ao confiar nas informações de pessoas com mais experiencia e conhecimentos do que eu. Assumo que o que me transmitem está correcto. Ou talvez não.
Não me sobra tempo para amadurecer questões.
É a fuga para a frente! Faz-se primeiro e pensa-se depois como se devia ter feito.

Sexta-feira

É sexta-feira à noite e eu ainda estou aqui no banco a acompanhar a evolução para produção (vcs sabem de que estou a falar) e logo eu nunca tive jeito para estas noitadas!

22:42 jantar entregue pela Telepizza
00:53 não consigo pensar zzzzz ... a minha cama zzzzzz ...ups, uma versão errada para corrigir f$#%!$#"#$$(%%
01:20 já estou mais arrebitada, mas não sei bem o que ainda falta fazer
01:45 vou trazer o carro aqui para a frente do edificio porque não quero atravessar sozinha o estacionamento vazio e escuro.
02:30 e vamos para casa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Adenda:
Já é sabado e voltei ao banco a seguir ao almoço e estou a sair 10h depois.
Ossos do Oficio, dizes tu?
A semana que vem anuncia-se complicada ... tenho que tirar uns dias de férias

memo

Da próxima vez que tiver a triste ideia de ir correr para a marginal com vento forte e rajadas de 80kms/h, lembrar de levar uma âncora acorrentada ao tornozelo...

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

farol

Passo por cima do traço continuo para fazer inversão de marcha e estaciono na Guia.
Acabo de comer a maçã e a banana que trouxe no carro, bebo água e guardo as chaves no bolso dos calções.
Hoje vou correr no Guincho, sentir a brisa fresca, abraçar o oceano com a vista e sentir os músculos das pernas a reagirem à medida que os kms aumentam.

Venho de casa; de onde o M tinha aparecido sem avisar com um pretexto ridículo que se lembra sempre que estou sem a menina. Estou meio-despida-meio-vestida. E pede para eu não ficar "assim" com ele. Custa-lhe ver-me triste.

O sol desmaia na água que se transforma de um azul gelo brilhante para um escuro frio. A estrada convida os ciclistas; o passeio, outros que correm e se perdem nos pensamentos, problemas e sonhos.
Concentro-me no passo de corrida e na frequência cardiaca que já me martela a cabeça e os pulmões.

No meio de beijos e pedidos de desculpa insistentes, da vontade louca de me despir e beijar, agarra-me as coxas e as nádegas, encosta o seu peito ao meu, encosta-me à parede e eu encosto-o à vida que agora tem: "Não!".
Não me consegue esquecer ou deixar de me desejar; sente-se perdido e tem medo; não sabe o que fazer... tem saudades do que éramos.

Paro num miradouro para descansar.
Dirijo-me até às rochas e sinto a emoção de estar sozinha com o mar. Desequilibro-me nas rochas, penso na possibilidade de alguém me empurrar e de ninguém vir a encontrar o meu corpo.
Com firmeza nas pernas, abro os braços em pensamento e respiro fundo. Inspiro toda a imensidão que tenho à minha frente e sinto-me livre. Poderosa. Com o controlo.

Creio que sempre o amarei; pelo homem que já foi; aos meus olhos.
Ele sabe que nunca o perdoarei...
Na volta, passo pelas prostitutas que picam o ponto; são tristes e gordas.

- "Agora segues em frente.", digo-lhe com suavidade e segurança. Calço os ténis e pego nas chaves do carro.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Homens ...

Esse é um enorme defeito da maioria dos homens ... não serem capazes de tomar uma decisão e assumir as consequências.
Observo esse tipo de comportamento na maioria dos homens à minha volta e que vai desde andarem a "empurrarem com a barriga" face ao fim de uma relação até resolverem miseras questões do dia-a-dia.
Ficam à espera que o problema se resolva por si mesmo ou que desapareça, o que nunca acontece e só agrava os problemas que já têm.
Ainda não percebi se se deve a não quererem assumir uma posição de vilão quando for necessário com tudo o que isso acarreta ou se é uma razão mais básica, quererem evitar as chatices de uma forma infantil.
Exasperante!

Ahhhh sim????

Então se encontrares o melhor amigo, amante e companheiro numa só pessoa deixas de ter espaço para os restantes?Não percebi.
Para mim o que acontece é que os amigos têm niveis diferentes e contextos diferentes para as confidências.
Já não vou a correr contar às amigas todo e qualquer arrufo como fazia na adolescencia em que apesar de passarmos o dia juntas na escola ainda passavamos horas ao telefone quando voltavamos para casa!
Essas amigas que tenho desde a adolescência continuam a acompanhar-me sempre mesmo que só falemos uma vez por mês.

Gosto muito dos amigos que tenho nos mais diversos contextos e com os quais troco confidências diferentes, mas são todos importantes e tornam a vida mais colorida.
Os amigos do trabalho, os amigos do ginásio, os amigos das corridas, os amigos de faculdade, os amigos do marido que se tornaram meus amigos também, os familiares que também são amigos ...

Tenho também um amigo, amante, companheiro no meu marido e esse sim ouve todas as confidências e é sem dúvida o meu porto de abrigo, mas sem exclusividade, tenho outros mini-portos que sei que tenho à disposição se precisar deles.

mal-disposta!

Estas histórias que envolvem o cabrão do M ainda me fodem o juízo!
Eh pá, não era suposto mas é mais forte que eu!
Apesar de a meio do processo ter sido eu a decidir que não queria mais nada com ele, não consigo de lhe desejar que se foda todo depois de saber que afinal as dúvidas existenciais dele deviam-se a outra mulher.

E isto, imagina que é família dele a contar-me! e foi ontem! portanto hoje estou com cara de vómito!! mas que se lixe! é só prova que é um cobardolas e um merdas e nem sequer teve coragem de ser honesto comigo!!

Afinal andei a fazer figura de parva nas sessões de terapia de casal, onde uma das condições era de não haver terceiros envolvidos, e o cabrão de merda porcalhão estúpido e velhaco sem se descoser!! e eu a considerar que o coitadinho estava com uma depressão!!!

Realmente.... nunca conhecemos as pessoas pois não?
E isto vindo de um gaijo que deixou de falar com o Pai porque se divorciou da Mãe e que não reconhece a meia-irmã que tem!!!

Esta vida dá cada volta.....

Não lhe desejo mal nenhum! mas ... M... a merda toda que tu provocaste há-de-se espetar toda na tua cara!! e aí... a outra que a limpe!!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

gestão de risco

Hoje vinha no carro a pensar nas confidências que temos com nossos amigos, aqueles próximos que nos acompanham sempre, e na importância que hoje dou, e nos erros que não repetirei no futuro, de não me enclausurar no casulo de uma relação.

Na minha vida passada de mulher casada, sentia quase uma obrigação - mas sem sentir que o era - de considerar o meu marido como o meu melhor amigo e único confidente.
Cenas que aconteciam entre nós, não passavam para fora e cenas exteriores eram obrigatoriamente faladas entre nós (isto no sentido unilateral de mim para ele).

Falar com os meus amigos sobre coisas que me incomodavam nele era também, e isto vejo eu agora, uma declaração oficial e quem sabe não me teria ajudado a identificar o que hoje vejo tão claramente...

Se tivermos a felicidade de conseguir encontrar numa única pessoa o melhor amigo, amante e companheiro....hum... quase que diria que seria perfeito mas na realidade, hoje - e amanhã posso mudar completamente de ideia - se assim for, não terei espaço para os meus amigos. Claro que eles existirão sempre e serão sempre importantes mas prefiro ter um leque vasto de pessoas "especialistas" em várias matérias e assim ter acesso a diferentes pontos de vista.

Centralizar tudo numa única pessoa, mesmo sendo self-oriented, é como depositar todo o teu dinheiro num único banco. O risco é maior e em caso de bancarrota ficas arruinada.

Torradas?


És servida? Uma torrada muito masculina.

Agora que reparo bem ... faz-me lembrar alguém...

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Pausa para comerciais

Às vezes precisava mesmo de por a vida na pausa como fazemos com os filmes, "fica aí sossegado enquanto eu vou ali e já venho".
Os dias passam a correr, uns a seguir aos outros e eu parada a vê-los passar.

Sinto-me presa neste horário idiota, que não me deixa levá-los à natação/ballet/futebol, fazer os tpc (espreito-lhe os cadernos quando chego), etc.
Os miudos não param de crescer.
Costumava conseguir ver os meus bébés quando olho para o rapaz e para a menina que tenho à frente, mas cada vez é mais dificil.
Já não se compram Dodots cá em casa e isso é muito triste quando a familia não está completa.

Estou quase a fazer anos #2


Este hp foi lançado no ano passado e foi amor à primeira vista, ainda não o consegui esquecer ...

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Estou quase a fazer anos #1



Já pensaste como a minha performance nas provas ia melhorar ao som de boa musica?

prostituto - capitulo II

Comecei por googlar com a palavra prostituto e eis o que encontrei:

. o seu significado: "pessoa que faz sexo por dinheiro"; até aqui...nada de novo!
. um blog com as várias aventuras de um sujeito, que já vi que dá para os dois lados, e a forma de o contactar; vou-lhe enviar um e-mail a saber condições...

domingo, 24 de outubro de 2010

kizomba

Cerejinha ontem lembrei-me de ti: era alto, simpático, cheiroso e cor de chocolate...
E está visto!! Um homem que sabe dançar derrete-me toda!

quero companhia..

Depois de deitar a D na cama, sento-me ao portátil e navego um pouco no FB.
Passam 5 minutos e, sem fazer barulho, a minha pequenita aparece junto de mim:

- então filhota não consegues dormir?
- não Mamã... é porque estou doente... hoje não posso ir à escola..
- é amanhã filha; (já ao meu colo) e agora tens de descansar para amanhã te sentires melhor
- mas não consigo Mamã! tens de vir comigo para veres o meu poglema..

Deito-me ao seu lado e a D puxa o meu braço para se enrolar nele.
Ficamos assim juntinhas, enroladinhas e passados poucos minutos, porque já oiço a sua respiração pesada, preparo-me para sair da cama. A D pressente e em voz baixinha diz:

- já percebeste o meu poglema? é que eu quero aqui a minha Mamã...

hoje apetece-me torradas..


p.s.: tenho uma paixão pelo Andy Garcia mas o gaijo não sabe...

Prova superada

Quanto tempo fizeste, A? Passaste por mim a grande velocidade!!!!!

Prova superada, consegui fazer os 10 km numa hora sem parar e com sprint final!

No proximo fds há mais ...

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Programação de fds - Domingo


Vamos participar na Corrida do Tejo (10 km) de Algés a Oeiras.


Eu nem quero pensar muito nesta distancia. Neste momento parece-me imensa, assustadora, grande demais para mim ...

E passar o resto do tempo a saborear os meus filhos, que nestas semanas tenho sido uma mãe ausente, mal os vejo e temos muitas saudades uns dos outros.

Programação de fds - Sábado

Vamos ao circo



A minha priminha, que está a criar um serviço de babysitting, vem tomar conta dos M's pela primeira vez!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Completos Turn-off #1

Ontem cruzou-se comigo no trabalho uma criatura que envergava um fato num tecido cinzento brilhante.

tããão deliciosa...

- ó Mamã estás tão bonita!!!!
- oh filha, achas? muito obrigada querida..
- quando eu ser grande posso usar as tuas roupas?
- claro querida, podes, mas não é assim que se diz; como é?
- quando eu ser maior?
- (lol) não filhota, quando eu For.. grande ou crescida, ou adulta.. mas sim, a Mamã empresta-te tudo que tu quiseres.
- a sério Mamã? Vamos ser manas?!?

aiiiiii... que coisinha tão boa que eu tenho!!!! :D

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

identidade

Isto de escrever no anonimato é muito libertador...
É verdade que alguns amigos partilham comigo o conhecimento da identidade de pelo menos uma autora deste blog, mas mesmo assim são pessoas escolhidas a dedo que não me quitam a espontaneidade e naturalidade com que escrevo.

Para os restantes, que guardam alguma curiosidade em saber quem está por detrás das parvoíces que eu aqui escrevo, têm a oportunidade de saber a identidade da intimissimi.

É que vou agora correr para a marginal e não há que enganar: sou aquela de ténis, óculos escuros e rabo-de-cavalo!!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Eu

vinha aqui só para dizer mais uma alarvidade qualquer, mas sendo assim vou para dentro.

temos pena!

Existem momentos difíceis na nossa vida!
Situações para as quais não estamos preparadas e onde somos apanhadas de surpresa.
No entanto.. encaramos de frente, gerimos e mastigamos, engolimos ou cuspimos para o lado.
Seja o que for, na manhã seguinte temos de acordar, levantar e vestir; levar a filha à escola e estar presente na reunião; tomar decisões e detalhar em actas; distribuir tarefas, trazer amigos da filha para casa, fazer o jantar e deitar o lixo lá fora.
Tudo isto de vestido e salto-alto, de rimel e unha pintada, com a casa arrumada e a roupa organizada, de cabeça erguida!

E seja o que for, existem momentos dificeis da nossa vida que temos de contar à nossa filha:
- bem filha... vamos então conversar sobre o assunto sério?
- sim Mamã; vá explica-me lá porque estavas a chorar!
...
- percebeste tudo que a Mamã te explicou? queres agora explicar tu a mim?
- o Papá já se separou de ti. e tem uma namorada...
- sim e... pôs uma sementinha na barriga da namorada..
- sim e eu vou ter agora um mano!
- isso! e o que pensas sobre o assunto? estás contente ou triste?
- contente! mas tu tens de arranjar um namorado 'tá bem Mamã? o Papá tem porque foi à procura e tu também tens de procurar; tens de falar com ele e saber se é bem-educado, generoso e amigo, 'tá bem Mamã?!


Ó filha... não sei do que o teu Papá foi à procura mas tenho a certeza que só encontrou problemas que "não estavam previstos" e para os quais "já era tarde de mais".

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

wake up to reality

Ainda não dormi mas a sensação que tenho é que acabei de acordar.. para a realidade...

Queria continuar deitada, abraçada, aconchegada no conforto da conversa fácil, de risos e partilha; de confidências e porquês. Muitos porquês; que ficam sem resposta porque não há tempo, porque não há razão, porque já passou e foi assim que aconteceu.

Falámos em escrever em páginas brancas.
Falámos no que poderia ter sido.

O tempo é doloroso mas também esclarecedor.
Eu estou viva e pronta para viver!
Para deixar de ser a intimissimi e de ser eu...

Boa sorte Edy!

domingo, 17 de outubro de 2010

O Amor é ...

Estar a espera do M. que está numa festa de aniversário de uma amiguinha, num pavilhão onde organizam festas infantis algures em Mem-martins .... atafulhado de crianças transpiradas, barulhentas, mal-educadas, excitadas, grupos de mães a conversar ainda mais alto, pais a conversar aos gritos entre cervejas ... e eu aqui no meio com o portátil à frente.
Achei que talvez conseguisse trabalhar, a última vez em que aqui estive estava vazio ... mas não era domingo à tarde!

O Amor é ...

Vermos mais um filme de gajas, quando o ultimo foi pior que mau
("Killers" com a Katherine Heigl da Anatomia de Grey e Ashton Kutcher, o marido bébé da Demi Moore), para compensar uma semana de trabalho especialmente complicada.

prostituto - capitulo I

Uma amiga minha perguntou-me o que eu achava de contratar um prostituto:
- hem!? (resposta clara e detalhada da minha opinião)

Como não sei nada do assunto, decidi investigar!
Espera por novos desenvolvimentos.

sábado, 16 de outubro de 2010

fds - parte domingo

. Dói-me o corpo todo mas vamos lá: mais uma corridinha na marginal
. Receber a minha filhota e dedicar-lhe toda a atenção e mimos!!
. Levar a D a casa de uma amiga que amanhã a deixará na escolinha
. Passar noite com Edy (é a última noite dele em Portugal...)

fds - parte sábado

. Telefonar ao A e mandar um beijinho de bom-dia
. Correr na marginal
. Troca de sms com Edy
. Chá de menta e tarte de limão merengada na SAPA em Sintra; conversa tão estimulante com o V; v de viciante!!!
. Convite do R para sair até Leiria; não? Então e se te for raptar? não? E irmos jantar fora? não? Então já te ligo!
. Doite descansadinha...já cá fazia falta...

fds - parte fim de sexta-feira

. Cafezinho com CG (já não o via há 5 anos!! que bom foi voltar a falar com ele)
. Troca de sms com o CG num flirt leve e saudável
. Jantar de aniversário com amigos: Parabéns Tânia!!
. Festa da Mercedes (bar aberto) com Edy e amigos
. Noite em motel com Edy (o tal amigo cuja tesão chega ao umbigo; esquece lá a teoria que size doesn't matter; aiii matters, matters!!)
. Chegar a casa já de manhã

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Conversas com a M

No carro de manhã:

- Mamã, o chão do ballet é maduro como o nosso e castanho!


(eu acho-a tão deliciosa que nem a corrigo)

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

o que é "annoying" Mamã?

Esta semana na reunião de pais na escolinha da D, sugeri que existissem actividades que os pais pudessem participar com as crianças e a educadora respondeu que haveria um poema para os pais fazerem.
- um poema? durante o ano todo é essa a actividade que vamos participar? mas não vão existir outros trabalhos que possamos fazer com os nossos filhos?

Achei que estava a fazer uma pergunta simples mas a maioria dos pais protestou com "tpc's é para fazer na escola!!!" Será que não têm curiosidade - e já não digo interesse - em saber o que os filhos fazem e aprendem na escola?

Aquele bocadinho ao jantar onde a D conta-me as brincadeiras que fez, o que ela disse, e a amiga respondeu, e o amigo empurrou, as palavras em inglês, as músicas novas, o alfabeto...é tão bom de ouvir.... derreto-me toda com a minha pequenina a falar; que bom que é ter uma tagarela cá em casa ;)

novo estado civil

9 anos e 7 meses depois; o dia da semana e o do mês foram os mesmos; a conservatória também; assim como a secretária, o centro de flores artificiais, o relógio de parede, e as nódoas de café no tapete.
Eu a chorar baba e ranho e o M frio e distante; nem um olhar, nem uma palavra, nem uma manga para me assoar.
Perante a pergunta da praxe, para a qual já ía preparada, acenei com a cabeça em simultâneo com o "sim" firme, convicto e verbal do M.
Depois de todos os pro formes, e de ter deixado 700€ de despesas, despedimo-nos da sra. doutooora conservadora (vénia), seguimos em silêncio até ao carro e deixo o M em casa da mãe dele; "então vá, obrigado" diz ele; a mim não me saem palavras e sigo para minha casa.
E deste assunto, nada mais há a dizer.

Para acabar o dia:
. correr na marginal;
. mudar posição dos móveis na sala;
. calçar botas novas;
. jantar com o A acompanhado de vinho branco e beijo igualmente fresco e saboroso;
. tango com o G seguido de enrolanço;
. dormir 3 horas.

p.s.: Cerejinha obrigada pelo teu sms! e do Vasco, e da B, e da I, e da T, e do João, e do António.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

dia d

Hoje estou na merda.
O facto de amanhã ir assinar os papéis do divórcio está a mexer mais comigo do que eu pensava. E só me apercebi quando hoje a caminho do emprego e ao telefone com a I, começaram a correr as lágrimas pelo meu rosto.

Afinal.. M.. foste o amor da minha vida. Foi contigo que escolhi ter uma filha - depois de termos perdidos dois bebés ainda no meu ventre-,  e de viver uma vida de paixão apesar de tantas ausências da tua parte.

É um passo que quero tomar. E é em frente que pretendo seguir. Mas não o considero como o alcançar de um objectivo ou o vencer de uma meta. Vou fazer com convicção mas não com orgulho.

Tenho vindo a pensar em escrever-te uma carta; a despedir-me de ti. Mas já foste embora à tanto tempo....

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

domingo, 10 de outubro de 2010

Irreconheciveis

LINKIN PARK num som completamente diferente!



All I wanna do is trade this life for something new
Holding on to what I haven’t got

Pequenos prazeres da vida #1

Ouvir a chuva bater na janela enquanto estou a ronronar entre lençois.

atta colombica

Tenho o terraço cheio de formigas aladas.
Depois das primeiras chuvas do Outono, todos os anos, tenho este fenómeno a acontecer tão perto de mim.
A D que pinta com os pincéis tem receio de ir lá fora e deixar os desenhos a secar porque quando era mais pequenina foi mordida por uma formiga soldado e até hoje guarda esse susto.
A formiga rainha, consideravelmente maior que as outras, acasala com um macho que depois de cumprir o seu dever morre, e ela tem de encontrar um local para criar a sua nova colónia.

Estes factos não se coadunam com uma história romântica, uma vez que a actriz principal fica sozinha a tomar conta dos filhos que o macho lhe fecundou no vôo nupcial. Ao longo dos anos vai engordar, ganhar celulite e a pele tornar-se-á flácida de tanto procriar larvas!!
Vai-lhe nascer o buço, ninguém lhe arranja as sobrancelhas e a raiz do cabelo já branca estender-se-á por todo o cabelo.

Os filhos acabam por se educar uns aos outros e falam com saudade de um Pai que nunca conheceram. Só quando chegam a adultos, dão valor ao sacrifício que os Pais fizeram e se apercebem que a Mãe teve um único amor na sua vida que até hoje guarda no coração.

Há animais assim, com um único amor na sua vida, mas o Homem não é um deles. Crescemos, aprendemos e procuramos sempre encontrar outro companheiro que nos realize mais, ame mais, seja capaz de fazer mais por nós e dar mais, muito mais.

Sacana do bicho que deve andar por aí muito bem escondido porque eu ainda não o encontrei!! Vou fazer como a formiga, ganhar asas e procurar na floresta ao lado. Só espero que ao cabrão depois de me comer não lhe dê um fanico!

sábado, 9 de outubro de 2010

lê-me..

No outro dia um ex-colega de trabalho meteu conversa comigo no chat: ah e tal a tua beleza e elegância e o caroço; e eu... então man, és casado! o que se passa? "ah nada, nada" e que não se estava a fazer ao piso.
Está bem, abelha!!
Já o pintor, junto com a namorada e pai recente também veio com a conversa que junto não é casado, e que é difícil se concentrar na pintura e tal...
Mas o que se passa pessoal? Estão todos doidos??!

Primeiro que tudo, se são casados, vão lá ter com as vossas mulherzinhas e elas que vos aturem!
Depois, é pá.. façam-me rir!! Um homem que me faça rir e me ponha bem disposta, já tem meio caminho andado.
Que seja jeitoso mas não é preciso ser nenhum Adónis.
Que se vista bem, confortável, camisa sem vincos, camisola sem borbotos, alguma importância à marca e elegância mas sem vaidade a mais.
Se quer tirar os pêlos, que tire, mas não é preciso arranjar as sobrancelhas; deixem lá isso para as gaijas, ok?
Dentes tratados e branquinhos! Tenho de sentir vontade de por a minha língua dentro da tua boca, capiche?
As calças de ganga, aí tem santa paciência mas tem de ser de marca, e com a baínha feita.
As unhas cortadas e limpas! As mãos macias! O cabelo bem cortado! Se vais fazer a barba vê se não te escapam os pelos no pescoço! Eh pá e nada de pelos a sair pelo nariz ou orelhas!!
Tens de saber quem és e o que esperas alcançar na tua vida. Tens de ter amigos (jeitosos), fazer desporto, seres bem sucedido profissionalmente; se ganhares bem e mais do que eu, tanto melhor.
Os teus pais são extremosos, deram uma boa educação a ti e aos teus irmãos (também jeitosos), muito amor e carinho; a tua Mãe fazia-te arrumar o teu quarto e a aceitar a diferença; foi com o teu Pai que descobriste o fascínio do mar e respeito pela pobreza.
És um homem com os pés assentes na terra embora ambicioso; dás valor ao que tens e sabes o que precisas para seres feliz;
Quando me encontrares, darás valor à minha ternura e inteligência; repararás nas várias cores dos meus olhos, no brilho do meu cabelo e na minha capacidade de ser amiga e generosa; considerar-me-ás a tua companheira e a minha filha a tua também; viajamos, fazemos planos e fugimos de vez em quando numa aventura;  apenas com um olhar, sem precisarmos de dizer uma palavra.. um dia quando nos encontrarmos, saberemos.

o pecado mora nas Mercês

As botas e sapatos são como os orgasmos... não podemos ficar só com um!!

Encontrei um armazém de calçado e aproveitei estas beldades por metade do preço que se encontra nas lojas!!

Ora roi-te toda!!! ;)

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

olha-me este..

Estes homens são todos muito engraçados.... falam-te de sentimentos fortes, que ficam a pensar em ti, que não esperavam se apaixonar.... e no final, vão passar férias com outra!

Mas andamos a brincar ou quê? É que se for esse o caso, eu não sou nenhum brinquedo!! bale?!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

na-na-ni-na-não

É aí que eu traço o limite, galinha depenada .... aaaaaaaaaah não, obrigada!

O passo seguinte é o laser, já experimentaste?

ó menina agora sim, já está direitinho

Olha, não vás mais longe...
Fiquei sem o bigode do Hitler e passei a galinha quase depenada...

Ai, o canário!

A brazuca que me arranjou as sobrancelhas pelo método indiano (threading) não as deixou iguais!!!